Em Piracicaba (SP), dona de bar é acusada de reter celular de cliente até que ele pague o que deve

Em Piracicaba (SP), dona de bar é acusada de reter celular de cliente até que ele pague o que deve

Um homem de 38 anos procurou a Polícia Civil de Piracicaba (SP) na noite do último sábado (22), após seu celular ser retido pela dona de um bar que ele frequenta no Centro da cidade. Ela alegou que ele possui débitos no estabelecimento e só vai devolver o aparelho quando tudo for quitado.

Segundo informações do homem, registradas em Boletim de Ocorrência, a proprietária do bar disse que não vai devolver o celular até ele pagar o que deve em seu estabelecimento. Ele informou ainda que registrou o caso para poder solicitar o bloqueio do celular e do chip. Ele afirmou que não pretende pegar o celular de volta.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também