Paciente acusa plano de saúde de Piracicaba de diagnósticos incompletos e de misturar contaminados

Paciente acusa plano de saúde de Piracicaba de diagnósticos incompletos e de misturar contaminados

Um analista de sistemas de 35 anos, cliente do plano de saúde HFC Saúde, registrou um Boletim de Ocorrência contra o HFC (Hospital dos Fornecedores de Cana) de Piracicaba (SP), por suposto diagnósticos errados e misturar pacientes com e sem Covid no mesmo Pronto-Atendimento.

Foto: Divulgação

Segundo o documento, obtido pelo PIRANOT, o analista buscou atendimento no hospital na quinta-feira (13), com dor aguda no rim. Ele alega que o médico, na consulta, se quer o tocou e o colocou no soro sendo liberado em seguida.

Sem resolver o problema, na sexta, a dor se intensificou e ele foi de novo ao hospital, o qual tem convênio. Ele contou do atendimento anterior a um segundo médico que, novamente, o colocou no soro e pediu um exame de sangue, que não teria revelado nada. O paciente alega que não teve acesso ao documento.

Diante dos atendimentos que ele julgou serem sem resultado, o analista de sistemas foi ao IUP (Instituto de Urologia de Piracicaba), onde o mesmo foi encaminhado com urgência para fazer exames de Raio-X e imagem, porém o mesmo alega que foi levado para o HFC onde, ao chegar, foi informado que teria que esperar junto com pessoas com suspeita de Covid-19. Ele recusou e procurou a polícia.

Nota

Solicitamos ao HFC um posicionamento oficial. O colocamos na íntegra a seguir:

O HFC Saúde vem por meio deste informar que o referido paciente foi atendido, realizou exames e foi orientado a procurar um serviço especializado. O Pronto Atendimento – PA tem como objetivo atender casos de urgência e emergência, tratar as dores e queixas, exatamente o procedimento feito com esse paciente.

Sobre a espera pelo atendimento, sabemos que estamos recebendo uma alta demanda de pacientes com suspeita de Covid e sintomas gripais, cenário enfrentado por muitos hospitais do Brasil.
Sobre o atendimento, gostaríamos de informar que desde o dia 07/01/2022, quando o fluxo de pacientes com suspeita de Covid aumentou, já reestruturamos uma nova entrada do PA exclusiva para pacientes com sintomas respiratórios.

Informamos ainda que aumentamos a equipe de atendimento, mas ainda assim a espera está acima do desejado, por isso pedimos a compreensão de todos.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também