Em Piracicaba (SP), cliente é agredido por garçons em restaurante da Rua do Porto

Em Piracicaba (SP), cliente é agredido por garçons em restaurante da Rua do Porto

Caso foi registrado como lesão corporal

Um homem de 51 anos procurou a Polícia Civil para registrar uma agressão que ele sofreu por volta das 17h30, da última sexta-feira (14), por três garçons de um restaurante da Avenida Beira Rio, Parque da Rua do Porto, em Piracicaba (SP).

Foto: Arquivo Pessoal/PIRANOT

Segundo informações do Boletim de Ocorrência, a vítima contou que estava no restaurante com alguns amigos e que haviam consumido aproximadamente R$ 1 mil reais. Ele relatou aos policiais que em determinado momento um dos garçons aparentou estar incomodado com alguma coisa, porém não soube dizer ao certo o que seria, mas acredita que foi devido ao horário que ele e seus amigos ainda estavam no restaurante. Contudo, de acordo com ele, em nenhum momento o grupo foi notificado sobre o problema.

Ainda de acordo com o cliente, um dos garçons foi até a mesa e retirou o balde onde estavam as cervejas, deixando apenas duas garrafas fechadas e já pagas. Assim, a vítima se levantou e foi tentar falar com o proprietário do restaurante para informá-lo sobre o mal atendimento, mas acabou encontrando com dois garçons e uma discussão se iniciou no local.

Conforme relatou a vítima no BO, ao ver que a discussão não ia resolver o problema do mal atendimento, ela saiu em direção ao banheiro do local, e neste momento sentiu um golpe em seu corpo, que acredita ter vindo de um dos garçons. Na sequência, o cliente foi atingido por vários outros golpes.

A vítima informou aos policiais que não chegou a ver toda cena das agressões, pois caiu no chão devido aos golpes e não reagiu em nenhum momento. O cliente afirmou ainda que quando conseguiu se levantar, viu que os três agressores estavam com um pedaço de “porrete” nas mãos. Já em pé, ele também tentou agredir os garçons, mas foi impedido pelos amigos.

Uma viatura da Guarda Civil Municipal estava nas imediações e foi acionada pela vítima, mas os guardas não conseguiram contato com os garçons, que entraram no estabelecimento e se negaram a sair.

A vítima foi encaminhada ao Hospital Santa Casa com fortes dores ao lado esquerdo da cabeça e abaixo do olho direito. Após o atendimento médico, ela procurou a Polícia Civil e o caso foi registrado como lesão corporal.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também