"SEXO A TRÊS" | Tribunal promete investigar coação de funcionário contra policias de Piracicaba (SP)

“SEXO A TRÊS” | Tribunal promete investigar coação de funcionário contra policias de Piracicaba (SP)

Conforme o PIRANOT noticiou na manhã de ontem (03), um escrevente de 42 anos, foi preso acusado de tentar matar o namorado, de 23 anos, durante uma transa a três, com um amigo, após uma festa na virada do ano dentro de um motel de Piracicaba (SP).

Procurado pelo PIRANOT, o Tribunal de Justiça, através da sua Corregedoria, disse que investigará o funcionário assim que receber os documentos da Polícia Civil. “O Tribunal de Justiça de São Paulo não compactua com nenhum tipo de violência contra as pessoas.”, alegou.

Segundo o Boletim de Ocorrência, ao ser preso, o homem ameaçou os policiais e um reforço teve de ser acionado, pois ele alegava ter “influência” no tribunal e “não poderia ser preso”. Por causa disso, uma cela especial foi lhe ofertada e a Justiça local, assim como a Corregedoria do órgão e o alto escalão da Polícia Civil local foram acionadas imediatamente e determinaram que os procedimentos seguissem conforme a lei.

Embora a tentativa clara de coação contra a PM e a Polícia Civil, o funcionário foi preso e passou por audiência de custódia no mesmo dia.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também