Após reclamar de prejuízos, Sílvio estuda vender SBT por R$ 1 bilhão

Após reclamar de prejuízos, Sílvio estuda vender SBT por R$ 1 bilhão

Dono de 44 empresas, sendo as mais conhecidas o Baú da Felicidade, SBT e Jequiti, e com patrimônio superior a R$ 3 milhões, Sílvio Santos pode estar interessado na venda da emissora que criou, em 1981.

Segundo o UOL, rumores de que o empresário estaria interessado em vender gerou uma onda de ofertas sendo os mais interessados nomes conhecidos como Ratinho (dono da Rede Massa, afiliada ao SBT no Paraná), ex-presidentes da república, como José Sarney (dono de uma emissora afiliada a TV Globo), e Luciano Hang (dono da Havan).

Ainda segundo o portal, as ofertas ao empresário beiram R$ 1 bilhão pelo controle do SBT. A assessoria de Sílvio não desmente e nem confirma a apuração do portal.

Em 2018, na festa de fim de ano dos funcionários, Sílvio disse que amava o SBT tanto quanto os funcionários e que, nos últimos anos, com a crise no Brasil, já havia injetado R$ 400 milhões para manter a emissora no ar, do próprio bolso. Ou seja, Sílvio estaria tendo prejuízos.

Na década passada, no escanda-lo do Banco Panameicano, atual Pan, a fortuna de Sílvio Santos estava avaliada em R$ 2,5 bilhões, sem contar o banco, que foi vendido para pagar um rombo fiscal.

Dificilmente Sílvio venderá o SBT, mas a notícia assustou o mercado de telecomunicações nesta quinta-feira.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também