Alckmin e Hadadd (PT) lideram intenções de votos e são os mais rejeitados ao governo paulista

Alckmin e Hadadd (PT) lideram intenções de votos e são os mais rejeitados ao governo paulista

Pesquisa do Datafolha, divulgada neste final de semana, mediu as intenções de voto para o Governo do Estado de São Paulo, caso a eleição fosse agora. Alguns cenários foram avaliados, confira:

Cenário 01

  • Geraldo Alckmin (PSDB): 28%
  • Fernando Haddad (PT): 19%
  • Márcio França (PSB): 13%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 10%
  • Tarcísio de Freitas (sem partido): 5%
  • Arthur do Val (Patriota): 2%
  • Abraham Weintraub (sem partido): 1%
  • Vinicius Poit (Novo): 1%
  • Em branco/nulo/nenhum: 16%
  • Não sabe: 4%

Cenário 02

Nesta simulação, não consta o nome de Geraldo Alckmin, que deve ser vice da chapa de Lula, para presidente.

  • Fernando Haddad (PT): 28%
  • Márcio França (PSB): 19%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 11%
  • Tarcísio de Freitas (sem partido): 7%
  • Rodrigo Garcia (PSDB): 6%
  • Arthur do Val (Patriota): 3%
  • Abraham Weintraub (sem partido): 1%
  • Vinicius Poit (Novo): 1%
  • Em branco/nulo/nenhum: 21%
  • Não sabe: 4%

Cenário 03

Nesta simulação, o nome de Fernando Hadadd e Alckmin são excluídos, caso o PT aceite tirar a candidatura ao Governo Estadual para ter o ex-tucano em uma chapa onde ele estaria no PSB, de Márcio França.

  • Márcio França (PSB): 28%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 18%
  • Tarcísio de Freitas (sem partido): 9%
  • Rodrigo Garcia (PSDB): 8%
  • Arthur do Val (Patriota): 4%
  • Abraham Weintraub (sem partido): 2%
  • Vinicius Poit (Novo): 1%
  • Em branco/nulo/nenhum: 25%
  • Não sabe: 5%

Rejeição

 

A pesquisa também mediu a rejeição aos candidatos. Confira!

  • Geraldo Alckmin (PSDB): 35%
  • Fernando Haddad (PT): 34%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 28%
  • Arthur do Val (Patriota): 22%
  • Rodrigo Garcia (PSDB): 18%
  • Abraham Weintraub (sem partido): 18%
  • Vinicius Poit (Novo): 16%
  • Tarcísio de Freitas (sem partido): 16%
  • Márcio França (PSB): 16%

A pesquisa

Pesquisa ouviu 2.034 eleitores de 13 a 16 de dezembro, em 70 municípios do estado. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos. Alckmin e Haddad também tiveram os maiores percentuais de rejeição.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também