NOTA | Calúnias atribuídas ao jornalista e proprietário do PIRANOT

NOTA | Calúnias atribuídas ao jornalista e proprietário do PIRANOT

Em 2018, durante uma reportagem, uma equipe do PIRANOT sofreu um assalto em um bairro da periferia de Piracicaba, onde tivemos um equipamento levado. Na mesma época, nas proximidades do mesmo bairro, o baú da nossa motocicleta também foi roubado.

Diante das situações, o PIRANOT adotou medidas de segurança para cobrir a região e, isso foi comentado por Júnior Cardoso, dono da marca, com uma seguidora na sexta-feira (19). A fala, que apenas se referia a medida de segurança que nossa empresa adota para a região específica, foi ampliada para toda a zona norte da cidade e aumentada, dando a entender que o empresário se referia a dignidade das pessoas que na localidade moram, sendo isto totalmente fora de contexto, configurando o crime de calúnia e difamação contra Júnior e sua marca.

O PIRANOT e Júnior Cardoso repudiam a situação, tendo em vista e repetindo, que em momento nenhum o empresário generalizou a população local. Se quer, foi falado sobre isso. Lamentamos que há pessoas que precisam criar falsos fatos para ter algum tipo de visibilidade.

O PIRANOT completou 10 anos na semana passada e o Júnior trabalha com público há 15 anos. Neste período LONGO, mantivemos sempre a coerência e a VERDADE, reforçada em 100% de vitórias judiciais pela Justiça local e estadual.

A Empresa Júnior Cardoso LTDA, a marca PIRANOT e seu dono seguem com a mesma essência e compromisso com o público.

Aos moradores do referido bairro, reforçamos nosso respeito, demonstrado em atitudes nesses anos todos de trabalho do jornal e seu dono. Anos, conforme dito anteriormente, que caminham para quase duas décadas.

Caso as calúnias persistam, adotaremos as medidas judiciais contra todos que publicaram, curtiram, comentaram e compartilharam, como já fizemos algumas vezes.

Júnior Cardoso, diretor e fundador do PIRANOT.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também