Incomodado com choro, homem mata bebê com soco na cabeça

Incomodado com choro, homem mata bebê com soco na cabeça

Um padrasto foi preso na noite de ontem (26), em São Gonçalo dos Campos (BA), acusado de matar um bebê de 11 meses que ‘não parava de chorar’. Ele confessou o crime.

Segundo a Polícia Civil da cidade, a mãe do bebê disse em depoimento que saiu de casa por cerca de 15 minutos e deixou o filho aos cuidados do padrasto. Ao voltar, encontrou o criminoso tomando banho e a vítima em convulsão, deitada na cama.

Em entrevista para a Rede Bahia, afiliada da TV Globo no Estado, o delegado falou sobre o crime. “A mãe passou aqui para a gente, que a criança estava em casa dormindo juntamente com o autor e ela saiu de casa para ir na casa da mãe dela. Ficou fora por cerca de 15 minutos e ao retornar, encontrou ele tomando banho e a criança no quarto, convulsionando. Nas palavras dela, ‘revirando os olhos'”, detalhou Luiz Lapa.

Socorro

Ainda de acordo com a polícia, a morte do menino foi constatada na Policlínica da Fraternidade, para onde o menino foi levado. “Segundo ele, a criança estava dormindo e no momento em que acordou, ele, para que retornasse a dormir, teria desferido um tapa na cabeça da criança. Essa é a versão dele”, disse o delegado.

Drogas

Ainda segundo o delegado, com o padrasto foram encontradas 18 buchas de maconha. Ele foi encaminhado para a delegacia de Sobradinho, em Feira de Santana (BA), onde aguarda uma audiência de custódia com um juiz que deve ocorrer ainda hoje (27).

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também