Em Piracicaba (SP), dois homens são presos por roubo e outro com deficiência é preso acusado de pedofilia

Em Piracicaba (SP), dois homens são presos por roubo e outro com deficiência é preso acusado de pedofilia

A Polícia Militar prendeu na tarde de ontem (21) dois indivíduos pelo crime de roubo e um homem com deficiência acusado de pedofilia e posse ilegal de arma de fogo. O caso aconteceu em uma casa localizada no distrito de Santa Terezinha, em Piracicaba (SP).

Armas apreendidas pela polícia – Foto: Divulgação/Polícia Militar

Segundo informações dos policiais, eles foram acionados para uma ocorrência de roubo a residência em que dois criminosos mantinham a vítima como refém. Chegando no local, a equipe avistou um dos indivíduos saindo da casa com um CPU e uma mochila, mas ao perceber a presença da polícia ele voltou correndo para dentro do quintal.

Diante da fuga para dentro da residência, a equipe passou então a verbalizar com os dois acusados de roubo, que resolveram se render momentos depois e foram algemados.

Com a chegada da outra equipe e demais viaturas, foi realizada busca na residência, e dois revólveres calibre .38, ambos carregados com 5 munições cada foram localizados. No interior da mochila foram encontrados alguns Pen Drives e R$ 1.075 reais em espécie.

A vítima do roubo foi encontrada deitada no chão da cozinha e machucada. Os policiais tomaram ciência de que se tratava de um homem com deficiência, que faz uso de cadeira de rodas.

Questionados sobre o roubo, os indivíduos informaram que o homem era pedófilo e que eles estavam ali para pegar os Pen Drives que continham as cenas de sexo dele com menores de idade.

Os policiais encontraram um Pen Drive conectado em uma televisão da residência e confirmaram que no objeto continham vários vídeos do homem acusado de pedofilia mantendo relação sexual com mulheres que pareciam realmente serem menores de idade. Um revólver de propriedade da vítima do roubo, e que depois passou a ser acusado de pedofilia, foi localizado pela PM dentro da casa. A arma não tem documentação e não possui numeração.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão aos dois indivíduos por tentativa de roubo a residência e o homem com deficiência recebeu voz de prisão por posse ilegal de arma de fogo e averiguação de pedofilia.

Todos foram conduzidos ao 5° Distrito Policial e permaneceram à disposição da Justiça. O indiciado por pedofilia passou por atendimento médico na UPA da Vila Sônia.

 

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também