Mortos em acidente de avião em Piracicaba (SP) são da família dona da Cosan e Raízen

Mortos em acidente de avião em Piracicaba (SP) são da família dona da Cosan e Raízen

A família piracicabana que morreu após a queda do avião bimotor modelo King Air B250, ano 2019, prefixo PS – CSM, na manhã desta terça-feira (14), no bairro Santa Rosa, em Piracicaba (SP), foi identificada. Estavam no avião o empresário Celso Silveira Mello Filho, de 73 anos, a esposa Maria Luiza Meneghel Silveira Mello, de 71 anos e os três filhos do casal, Celso Meneghel Silveira Mello, de 46 anos, Fernando Meneghel Silveira Mello, também de 46 anos e Camila Meneghel Silveira Mello Zanforlin, de 48 anos. Todos morreram carbonizados. Celso era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da Raízen/Cosan, Rubens Ometto Silveira Mello.

Celso Silveira Mello Filho e a esposa Maria Luiza Meneghel Silveira Mello – Foto: Gustavo Annunciato/Câmara de Vereadores de Piracicaba

Também estavam no avião e morreram carbonizados o piloto Celso Elias Carloni, de 39 anos, e o copiloto Giovanni Dedini Gullo, de 24 anos.

Em contato com a empresa Cosan, o PIRANOT recebeu uma nota sobre a tragédia. Confira abaixo na íntegra:

“Com enorme pesar, a Cosan informa que o empresário Celso Silveira Mello Filho estava com a família na aeronave King Air 360 que caiu hoje, às 10h, em Piracicaba, causando a morte de todos os ocupantes. Celso era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello. Também estavam no avião a esposa de Celso, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo”.

Mais notícias sobre a queda do avião

 

 

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também