Irmão é suspeito de matar bebê de dois anos e escrever carta para a mãe antes de fugir

Irmão é suspeito de matar bebê de dois anos e escrever carta para a mãe antes de fugir

Uma criança de dois anos foi encontrada morta pela mãe na tarde de ontem (01) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com o sul-mato-grossense Ponta Porã. O irmão da criança, um adolescente de 14 anos, que cuidava do pequeno, é suspeito pelo crime.

Foto: Reprodução/Telefuturo

Segundo a imprensa local, a vítima deve ter sido sufocada ou asfixiada durante uma brincadeira entre os dois. O adolescente foi encontrado horas depois do corpo e está em estado de choque, aos cuidados de psicólogos.

Ainda segundo a imprensa local, a criança estava sozinha com o bebê devido a mãe ter ido trabalhar. Ao retornar nesta manhã, a mãe encontrou o corpo e um bilhete que, traduzido ao português, dizia “Sinto muito. Seu filho viu o que não devia e estamos com seu filho maior”.

Depoimento na polícia

Nesta quinta-feira, em depoimento na polícia, o adolescente não confessou ter matado o irmão, mas contou como a morte ocorreu.

Segundo o jornal Crônica, o adolescente disse que colocou um travesseiro em cima do bebê, por ele estar chorando muito e o incomodando. Disse ainda que, ao perceber a morte, ficou desesperado e fugiu.

O caso segue em investigação.

Calma, piranotense: não vá embora ainda. Já leu essas notícias?

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também