UPA de Piracicaba (SP) é acusada de morte de paciente por negligência

Uma jovem de 25 anos morreu após ser atendida em uma UPA em Piracicaba, interior de São Paulo, e receber alta médica mesmo se queixando de mal-estar. Horas após o primeiro atendimento, Bruna Stefani de Oliveira morreu em consequência de um aneurisma cerebral.

A denúncia foi levada ao ar no “Balanço Geral” da capital e pode ser assistida a seguir, dando play:

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também