Governo de SP inicia vacinação de estudantes de 16 e 17 anos em todo o Estado

Governo de SP inicia vacinação de estudantes de 16 e 17 anos em todo o Estado

Adolescentes com comorbidades e/ou deficiências, grávidas e puérperas já começaram a ser imunizados

O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (18) o início da vacinação de adolescentes de 16 e 17 anos que possuem comorbidades e/ou deficiências, grávidas e puérperas em todo o estado de São Paulo, de acordo com o Plano Estadual de Imunização (PEI).

“Iniciamos às oito horas da manhã de hoje a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos. Para marcar a data de hoje, denominado o Dia da Vitória, o Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares, e o Secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, acompanharam a vacinação de 11 alunos da Escola Estadual Professor Luiz Gonzaga Pinto e Silva, na zona sul da capital”, disse Doria.

A estudante Vitória Cavalheiro Mendes retornou em fevereiro às aulas presenciais, e disse que prefere desta forma, pois, segundo ela é “muito melhor para acompanhar”. Ansiosa para receber a vacina, foi imunizada acompanhada pelo pai, Osni Cavalheiro Mendes.

Segundo ele, o nome Vitória veio pela dificuldade da esposa em engravidar. Com 12 anos de casados, “veio o milagre” e, por isso, escolheram o nome. “Foi um alivio para nós, eu estava ansioso pela vacinação dela e achei que ia demorar mais pela idade, mas foi rápido”, disse o pai da estudante.

“Hoje com esse ponta pé inicial, 11 alunos da unidade escolar foram imunizados, representando milhões de alunos que começam a ser vacinados a partir de agora. Então, eu estou feliz que a minha escola foi escolhida para representar essa grande rede que é a Secretaria de Estado da Educação”, comemorou Jorge Luis Ribeiro, diretor da unidade.

Para a família do estudante William Staff, o Dia da Vitória foi duas vezes especial. Isso porque além da primeira dose do aluno, o seu pai também irá tomar a segunda dose nesta mesma data. “Esse dia está sendo muito importante não só pra mim, mas principalmente para ele que tem a comorbidade de pressão alta. Agora com ele voltando às aulas, isso é hiperimportante não só para a saúde dele, como também para nós mais velhos”, afirmou Carlos Staff.

“Esse dia é mais um passo e uma vitória muito importante. Hoje, estar dentro de uma escola é mais uma esperança para que nós possamos cada vez mais avançar rumo à normalidade”, declarou Rossieli Soares.

A vacinação para este grupo vai até o dia 25 de agosto. A partir do dia 26, já pode se vacinar quem possui de 12 a 15 anos. Para o público geral desta faixa etária, a imunização começa a partir do dia 30, para quem tem entre 15 e 17 anos, e em 6 de setembro para os de 12 a 14 anos.

A imunização destes jovens e crianças tem também como objetivo dar maior segurança às famílias para o retorno às aulas presenciais. A volta às aulas, porém, não está condicionada à vacinação.

“Nós temos seguido dois pedestais que são importantes no seguimento do controle da pandemia: um é a vacinação. E ao mesmo tempo existe a obrigatoriedade do uso de máscara estabelecido por decreto”, explicou Jean Gorinchteyn.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também