Piracicaba (SP): moradores reclamam de adequações nas vias do bairro Dois Córregos e pedem solução à Prefeitura

Piracicaba (SP): moradores reclamam de adequações nas vias do bairro Dois Córregos e pedem solução à Prefeitura

Moradores da Rua Ayrton Senna da Silva, no bairro Dois Córregos, em Piracicaba (SP), procuraram o PIRANOT e reclamaram das adequações feitas nas vias pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Semuttran (Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transportes).

Foto: PIRANOT

Segundo uma moradora, a Prefeitura colocou diversas placas de ‘proibido estacionar’ em toda a rua e isso está gerando transtornos para todos. Ela alega que alguns moradores possuem dois carros e garagem para somente um veículo, e que não podem mais estacionar na frente da própria casa porque correm o risco de serem multados.

“A solução realmente necessária era deixar a rua com mão única, mas ao invés disso foram lá e encheram de placas, atrapalhando ainda mais a vizinhança. Se eu quiser receber uma visita na minha casa, ou qualquer um dos meus vizinhos, nós não conseguimos porque não pode estacionar carro na rua. É um absurdo isso”, disse a moradora.

Diante da reclamação, o PIRANOT entrou em contato com a Prefeitura pedindo uma reposta ou até mesmo solução para o problema. Confira abaixo a nota enviado pela Prefeitura na íntegra:

Nota

“A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Semuttran (Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transportes), iniciou, na última semana de julho, adequações nas vias do bairro Dois Córregos, envolvendo a região das Glebas Natalinas, Glebas Aliança e Glebas Haiti. Estas vias têm presenciado um aumento considerável do trânsito desde sua pavimentação, uma vez que tornou-se uma ligação importante entre a venida Dois Córregos e a avenida Pompeia. Isto estava gerando uma série de transtornos envolvendo o trânsito na região, implicando elevados riscos para motoristas que transitavam pelas vias.

Diante destas inseguranças, a Semuttran foi procurada diretamente por moradores e também por meio de vereadores representando suas demandas, para que estudasse alternativas para o trânsito do bairro. A partir de análise técnica na região, a Pasta elaborou sua proposta de solução, baseada nos princípios de segurança viária e obedecendo às normas legais em vigor, respeitando as regulamentações do CTB (Código de Trânsito Brasileiro). O projeto foi apresentado e validado pelos moradores que solicitaram as intervenções.

Cabe destacar que, pelas características das vias e calçadas da região, extremamente estreitas, a opção em geral para garantir a segurança do trânsito nas vias das Glebas foi transformá-las de sentido duplo para único de direção, mantendo-se a permissão para estacionar em um dos lados das vias. No entanto, em apenas algumas vias locais (casos pontuais) e nas vias principais que fazem ligação com as avenidas Pompéia e Dois Córregos e, portanto, configuram atualmente vias coletoras, como é o caso da Ayrton Senna da Silva, o sentido duplo de direção foi mantido, permitindo a entrada e saída do bairro.

Particularmente nesta via (Ayrton Senna da Silva), tem-se uma largura inferior a 6 metros de largura, o que justifica a proibição do estacionamento ao longo de sua extensão, de aproximadamente 360 metros. Além disso, as calçadas também são estreitas, tendo uma largura média de 1 metro. Portanto, não há espaço físico entre os alinhamentos prediais que permitam uma seção geométrica ideal, com duas faixas de rolamento mais uma faixa para estacionamento. Considerando que a configuração do trânsito atual, com intensificação do fluxo de veículos, alterou-se de modo intenso e rápido nos últimos anos, esta se torna a solução técnica viável visando garantir a fluidez e a segurança na via. Desde o início das mudanças, a secretaria está acompanhando o local e verificando a necessidade de pequenos ajustes na sinalização. Com isso, pequenas intervenções visando reforçar a segurança ainda devem ser realizadas”.

Fotos da rua

Foto: PIRANOT
Foto: PIRANOT
Foto: PIRANOT
Foto: PIRANOT
Foto: PIRANOT
Foto: PIRANOT

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também