Piracicaba (SP) registra ocupação de 75% das vagas de pernoite por pessoas em situação de rua no inverno

Piracicaba (SP) registra ocupação de 75% das vagas de pernoite por pessoas em situação de rua no inverno

Na operação Inverno da última semana, que teve início na quarta-feira, 75% das vagas de pernoites disponibilizadas foram ocupadas pelas pessoas em situação de rua em Piracicaba. A ampliação do serviço foi realizada pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads) em duas unidades de acolhida: a Casa de Passagem e Albergue Noturno. O total de ocupação não inclui pessoas que já estavam nos Serviços de Acolhimento. Na semana passada, houve ampliação imediata de 70 vagas por noite, por conta da onda de frio. O total poderia chegar a 100 vagas, caso as primeiras se esgotassem.

Foto: Divulgação

Na noite de sexta-feira, a mais fria dos últimos dias, 64 dessas 70 vagas chegaram a ser ocupadas. A titular da Smads, Euclidia Fioravante, acredita que a adesão se deu, principalmente, pelo trabalho do Seas (Serviço Especializado em Abordagem Social), que intensificou as abordagens e ampliou o horário de trabalho, e pela parceria inédita com a Guarda Civil. Os educadores sociais estiveram nas ruas até meia-noite, e uma equipe de guardas-civis atuou das 18h às 06h.

“Nosso plano de ação para proteger as pessoas em situação de rua nessa onda de frio foi além da ampliação das vagas de pernoite. Nosso Serviço de Abordagem foi intensificado. Nos reunimos com a Guarda e atuamos em parceria. É preciso atuar com muita dedicação e respeito nessas abordagens, para que os que precisam realmente sejam levados aos abrigos, protegidos do frio, em locais apropriados, com banho e refeição.”, ressalta Euclidia.

O Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua) também intensificou os encaminhamentos para as vagas, e as ações contaram com auxílio de voluntários da sociedade civil, que realizam ações solidárias com essa população. Os voluntários colaboraram conversando e informando às pessoas para que pudessem ser dirigidas aos abrigos.

CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO – A Prefeitura, por meio do Fundo Social de Solidariedade (Fussp), também coordenou arrecadação emergencial entre os dias 27 e 28 de julho de agasalhos e itens de inverno, junto a grupos da sociedade civil. Em reunião na noite de 26 de julho, proposta pelo poder público, estiveram presentes representantes do Exército de Formiguinhas, Filhos do Brasil, Aliança de Misericórdia, Diocese de Piracicaba, Igreja Presbiteriana e projeto Coração de Rua. Foram definidos nove pontos de arrecadação com esses grupos. Além das doações direcionadas à Central de Projetos do Fussp, o Exército de Formiguinhas distribuiu itens arrecadados em dez comunidades e conjunto habitacional da cidade.

Foto: Divulgação
Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também