Piracicaba (SP): mulher encontrada morta no rio tinha aproximadamente 50 anos e segue sem identificação

O corpo da mulher encontrado às margens do Rio Piracicaba, na Avenida Cruzeiro do Sul, por volta das 08h40 desta terça-feira (03), segue sem identificação. A Polícia Militar (PM) informou que ela tinha entre 50 a 60 anos e era de estatura baixa.

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

Segundo a PM, a vítima não tinha tatuagem que possa ajudar no reconhecimento e ela estava sem documentos. Ela vestia uma calça legging preta, uma blusa preta e um tênis rosa e branco. Foi informado há pouco que ela usava um pijama embaixo da roupa de ginástica.

O cadáver foi localizado boiando às margens do rio e aparentemente não fazia muito tempo que estava na água. O Corpo de Bombeiros foi acionado e fez a remoção do corpo. O local foi isolado até a chegada da perícia. A Polícia Civil também está acompanhando o caso.

Um homem relatou à polícia que por volta das 23h de ontem (02), ele avistou uma mulher descendo em direção ao rio, mas ele não percebeu nada suspeito. Ele falou ainda que ela teria alegado que só ia fazer as necessidades fisiológicas. Pelo local, na manhã de hoje, ele reconheceu o corpo como sendo da mesma mulher que ele viu na noite de ontem.

De acordo com a Polícia Militar, o corpo não apresentava sinais de violência. Portanto ainda não tem como precisar a causa da morte. O corpo será encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para passar por exames necroscópicos.

Foto: Wagner Romano / PIRANOT
Foto: Wagner Romano / PIRANOT
Foto: Wagner Romano / PIRANOT
Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também