Piracicaba (SP): homem é conduzido à delegacia após abandonar cachorra em rodovia

Cachorra vivia acorrentada antes de ser abandonada

Um homem foi conduzido à delegacia de Piracicaba (SP) na última sexta-feira (23) após abandonar uma cachorra na rodovia. A vereadora e protetora dos animais, Alessandra Bellucci, localizou a cachorra, realizou o resgate e depois a Guarda Civil Municipal conduziu o indivíduo para prestar esclarecimentos sobre o crime.

Foto: Divulgação/Assessoria Alessandra Bellucci

O caso começou a partir de uma denúncia informando que o homem mantinha a cachorra 24h acorrentada. A partir da denúncia, a Guarda Civil foi até o local verificar, mas a cachorra já havia sumido. Segundo a vereadora, provavelmente o indivíduo desconfiou da presença dos guardas em sua residência e abandonou a cachorra em uma rodovia perto do bairro Nova Suíça.

Após buscas, o animal foi localizado no bairro Santo Antônio, onde uma moradora o encontrou na rua e realizou o resgate. Mais tarde, ela viu uma publicação da Alessandra Bellucci sobre a cachorra e entrou em contato.

A veterinária Marianna Ricciardi Curi examinou a cachorra e constatou que ela estava com caquexia, condição em que ocorre muita perda de peso, atrofia muscular e fraqueza, também apresentava sinais de maus tratos psicológico, como submissão e medo das pessoas. A veterinária também encontrou lesões no pescoço devido ao acorrentamento e escoriações pelo corpo.

O homem foi conduzido à delegacia pelos guardas civis para prestar esclarecimentos sobre os maus tratos e abandono. Ele confessou todos os crimes. A cachorra vai ficar sob os cuidados da vereadora até encontrar um lar definitivo.

Denuncie

Denúncias de maus-tratos contra animais podem ser feitas pelo número 153. A denúncia pode ser identificada ou não. Não tenha medo, denuncie

Foto: Divulgação/Assessoria Alessandra Bellucci
Foto: Divulgação/Assessoria Alessandra Bellucci

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também