“Não sou mulher de malandro”, diz Joice ao defender marido; parlamentar teria sido espancada, mas não lembra

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) usou as redes hoje (23), para defender o marido, o neurocirurgião Daniel França, de tê-la agredido. Ela se recupera de fraturas no rosto e na costela e acompanha a investigação sobre o que lhe aconteceu no último sábado (17) em um apartamento funcional em Brasília.

Foto: SBT

Segundo nota dela ontem, ela teria sido vítima de um possível atentado após acordar, sem se lembrar das 07 horas anteriores, em “uma poça de sangue”. O marido dormia em outro quarto, segundo ela, por um acordo do casal devido ao ronco dele.

Respondendo a um jornalista que apontou seu marido como suspeito pelo ocorrido, Joice chamou a “ilação” de “calúnia em cima de gente decente, honesta, nobre”.

“Uma ilação dessas é criminosa! Não sou mulher de malandro e seria a primeira a denunciar qualquer agressão seja de marido, irmão, pai, ou quem quer que seja”, disse, completando: “Meu marido médico foi quem me socorreu. Se estou viva e não afogada numa poça de sangue é por ele”.

Também hoje, a parlamentar deu um depoimento para a Polícia Legislativa. Imagens das câmeras do prédio já estão com os investigadores.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também