Piracicaba (SP): mãe e duas filhas mortas a facadas em Caraguatatuba (SP) serão enterradas aqui na cidade

Piracicaba (SP): mãe e duas filhas mortas a facadas em Caraguatatuba (SP) serão enterradas aqui na cidade

Crime foi na tarde de ontem (15)

A funcionária pública municipal Daniela de Oliveira Grecchi, de 40 anos e suas duas filhas, uma de 13 e outra de 15 anos, serão sepultadas às 17h desta sexta-feira (16), no Cemitério da Vila Rezende, em Piracicaba (SP). Conforme o PIRANOT já havia informado, mãe e filhas foram mortas a facadas pelo ex-companheiro de Daniela, no bairro Martin de Sá, em Caraguatatuba (SP), na tarde de ontem (15).

Foto: Reprodução

Uma filha mais nova, de 9 anos, chegou a ser golpeada, mas conseguiu fugir e foi socorrida pelo Grupamento de Bombeiros Marítimo e encaminhada ao Hospital Stella Maris. Ela não corre risco de vida. Após o crime, o homem conseguiu fugir. De acordo com a polícia, ele era funcionário da Prefeitura.

Criminoso morreu em confronto com a Polícia Militar

A Polícia Militar (PM) confirmou na madrugada desta sexta-feira (16) que o homem que matou Daniela de Oliveira Grecchi e suas duas filhas foi morto em um confronto com policiais na noite de ontem (15).

Segundo a PM, equipes receberam denúncias de que o criminoso havia saído do bairro Capricórnio por volta das 19h40 em direção à Rodovia Rio-Santos. Depois ele fugiu para uma terreno baldio e se escondeu.

Os policiais entraram no local e ele surpreendeu um policial com golpes de faca, que atingiram os braços dele. Houve disparo contra o criminoso. O SAMU chegou a ser acionado, mas quando chegou ele já estava morto.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também