Homem é preso em Piracicaba (SP) acusado de abusar sexualmente de crianças

Homem é preso em Piracicaba (SP) acusado de abusar sexualmente de crianças

Um homem de 56 anos foi preso na manhã de hoje (12), em Piracicaba (SP), acusado de cometer pelo menos dois estupros contra crianças, sendo o primeiro há quatro anos atrás. Desde então, ele estava escondido em um sítio do Pau D’Alho.

Foto: Divulgação

Leia a seguir a nota da Polícia Civil, na íntegra, sobre este caso:

Após informações dando conta de que um indivíduo que supostamente seria foragido da Justiça por crime de cunho sexual contra criança, estaria homiziado há cerca de 4 anos em um sítio em uma área rural de Piracicaba/SP e que inclusive na semana passada teria molestado outra criança, vizinha de sua residência, prontamente policiais civis da 2ª DISE – DEIC dirigiram-se para o local checar a veracidade das informações.

No local, ao avistar um dos policiais ostentando distintivo, o indivíduo correu para o interior de sua residência e tentou se trancar, porém foi alcançado e dominado. Questionado por qual motivo teria corrido, alegou ser procurado pela Justiça por ter abusado sexualmente de uma criança na cidade de Promissão/SP, no ano de 2010 – porém ao realizarmos a pesquisa criminal, nenhum mandado de prisão foi localizado.

Ao ser indagado sobre ter abusado de uma criança vizinha de seu imóvel, o indivíduo confirmou os fatos, alegando ter mostrado seu órgão genital para um menino de 11 anos de idade e o convidado para praticar sexo.

Realizadas diligencias nas imediações, esta equipe localizou a criança de 11 anos, logrando ainda constatar que outras 4 vítimas (todos meninos, sendo um de 9 anos, outro de 11 anos e dois de 15 anos) também tinham sido abusadas pelo mesmo indivíduo – que há pelo menos 3 anos vinha cometendo tais crimes.

Ante a gravidade da situação, esta equipe rapidamente se deslocou nas residências de cada uma das vítimas, logrando localizar todas elas, bem como seus respectivos representantes legais, muitos deles que sequer sabiam dos abusos sofridos pelas crianças, as quais ficaram com medo de contar aos seus familiares. Em conversa com as 5 vítimas, estas foram unânimes em relatar que o indivíduo exibia seu órgão genital e para alguma delas, oferecia material pornográfico e pequenos presentes visando alicia-las, em troca pedindo favores sexuais. Em determinado caso, uma das vítimas foi submetida a praticar sexo oral no indivíduo.

Diante dos fatos, o indivíduo foi detido e conduzido até a sede da 2ª DISE – DEIC, onde o indivíduo confessou todos os abusos para a Autoridade Policial, Dra. Juliana Pereira Ricci, que então formalizou os fatos e representou ao Poder Judiciário pela prisão temporária do indivíduo – a qual fora expedida, ficando o indivíduo a disposição da Justiça.

O indivíduo já possuía passagens pelo crime de homicídio, praticado em 1988 após se envolver em uma briga de bar e matar seu rival com uma facada no peito.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também