Piracicaba (SP): homem descontrolado e aparentemente drogado é baleado após confronto com a PM

Piracicaba (SP): homem descontrolado e aparentemente drogado é baleado após confronto com a PM

Na noite de ontem (17)

Um homem descontrolado e que aparentava estar sob efeito de entorpecentes foi baleado após um confronto com a Polícia Militar (PM) na noite desta quinta-feira (17), na Rua Doutor José Rodrigues de Almeida, bairro Paulicéia. Ele foi socorrido com vida ao Hospital dos Fornecedores de Cana (HFC) e passou por cirurgia.

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

Segundo informações registradas no Boletim de Ocorrência, os policiais militares informaram que estavam em patrulhamento de rotina quando se depararam com o indivíduo aparentemente sob efeito de drogas, perturbando as pessoas que passavam pelo cruzamento das avenidas Raposo Tavares e São Paulo.

A equipe então ordenou que o homem parasse, mas ele informou que não obedeceria os militares e seguiu rumo à Rua Doutor José Rodrigues de Almeida. A viatura da PM o acompanhou, quando já pela referida rua, ele pegou um bloco de concreto que estava na via e ameaçou jogá-lo contra os policiais. A equipe pediu o apoio de outras viaturas para efetuarem a abordagem do indivíduo.

Dois policiais, que portavam armas de choque (taser), se aproximaram dele e diante da recusa em largar o bloco de concreto, eles dispararam com a arma não letal, mas ainda assim não foi possível incapacitá-lo. Um policial disparou mais uma vez, mas ele permanecia irredutível e não soltava o bloco de concreto.

Um PM mais uma vez se aproximou para realizar outro disparo da arma de choque, mas o homem partiu em direção do policial para acertá-lo com o bloco de concreto. Outro militar que estava no local, encarregado de realizar a segurança da equipe, fez quatro disparos com a sua pistola calibre 40. Um tiro acertou o joelho e outro no tórax.

Ainda de acordo com o B.O, o acusado continuou em pé mesmo ferido e após cambalear por mais alguns metros, ele caiu ao chão. Em seguida, pegou um pedaço de cabo de vassoura que estava na rua e partiu mais uma vez em direção à equipe. O PM tentou acionar de novo a taser, mesmo com os cabos da arma elétrica conectados no corpo do indivíduo, ele conseguiu dar um golpe com o cabo de vassoura na perna do policial. O agente então sacou sua arma e efetuou um disparo no abdômen do agressor, que caiu no chão.

Ele foi socorrido com vida pelos bombeiros e encaminhado ao Hospital dos Fornecedores de Cana, onde passou por cirurgia e permanece internado.

O B.O informa ainda que moradores da região presenciaram o ocorrido e confirmaram que diversas vezes ouviram os policiais mandando que o homem largasse a pedra, diante da desobediência, ouviram os disparos.

Os policiais confirmaram que nas imediações existem várias câmeras de segurança que podem ter gravado o ocorrido. O caso foi registrado no plantão policial como lesão corporal decorrente de oposição à intervenção policial e resistência pelo delegado Carlos Vinícius Martins Lopes.

A perícia foi até o local dos fatos. Exame toxicológico foi requisitado para o indivíduo baleado. As armas de fogo dos policiais militares que realizaram os disparos e as armas de choque foram apreendidas e encaminhadas para o Instituto de Criminalística (IC).

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também