É inaugurado o cabo submarino que liga Brasil à Europa; PIRANOT ficará mais rápido

É inaugurado o cabo submarino que liga Brasil à Europa; PIRANOT ficará mais rápido

Que boa notícia!

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Marcos Pontes, participou hoje (1º) da inauguração das operações do cabo submarino de fibra óptica de alta capacidade entre Brasil e Europa. A cerimônia ocorreu na cidade de Sines, em Portugal.

Foto: PIRANOT

O projeto foi financiado pela Comissão Europeia que contribuiu com €25 milhões,  pela empresa EllaLink que aplicou €150 milhões e pelo Governo Federal, por meio do MCTI que investiu €8,9 milhões.

A conexão é efetuada  diretamente da cidade de Fortaleza (Brasil) a Sines (Portugal), com passagens pela Guiana Francesa, Ilha da Madeira, Ilhas Canárias e Cabo Verde.

O cabo também elimina a necessidade de os dados passarem pelos Estados Unidos. De acordo com a EllaLink, que vai permitir um acesso de alta qualidade aos serviços e aplicações de telecomunicações. A promessa é de que a conexão direta de alta velocidade reduza a latência, que é a capacidade de tempo que um pacote de dados leva para ir de um ponto a outro, em até 50%.

O cabo submarino tem 6 mil quilômetros de extensão. Entre outras aplicações, a infraestrutura de cabos será usada para serviços e nuvem e negócios digitais, mas também em ações de ciência, tecnologia e educação ao longo de 25 anos.

Agora vemos durante a pandemia a importância de trabalharmos juntos para vencermos esse inimigo comum que é o covid-19. É através da ciência que temos condição de vencer e, para a ciência funcionar, precisamos de operação de troca de informações”, disse o ministro durante a cerimônia.

PIRANOT mais rápido

O servidor que sustenta o Jornal PIRANOT, o mais lido da região de Piracicaba (SP), com média mensal de 4 a 6 milhões de visitas deve ficar mais rápido para a maioria dos leitores graças ao cabo. A infraestrutura da Empresa Júnior Cardoso LTDA conta com 12 computadores (CPUs) ligados 24 horas por dia, sete dias por semana, em París, na Europa.

Nosso servidor conta, ao todo, com 32 gigabytes de memória RAM, 25O gigas de memória de disco em SSD e a taxa de transmissão de dados atualmente é de 1 gigabyte por segundo. Para se ter noção, a maioria dos brasileiros com acesso a internet no país recebem menos de 100 mebabytes.

O PIRANOT opera com 10 vezes mais que isso, garantindo que todos os piracicabanos, a região e o país acessem as notícias sem o site sair do ar, mesmo nos momentos de pico quando entramos em plantão e a cidade toda acessa o jornal para saber o que está acontecendo, em tempo real.

*** Com informações da Agência Brasil

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também