Jovem de 21 anos é esquartejado e jogado em rio; pai encontra partes do corpo

Jovem de 21 anos é esquartejado e jogado em rio; pai encontra partes do corpo

A Polícia Civil de Santa Catarina investiga partes de um corpo encontrado em uma mala no final de semana. A suspeita é de ele pertença a Renan Kalbuch, de 21 anos, desaparecido desde o começo de maio.

Foto: Divulgação

Segundo a TV Globo, o pai do rapaz reconheceu a cabeça que estava dentro da mala boiando no rio Itajaí-Açu em Rio do Sul, no Vale catarinense, no sábado (22). Nenhum suspeito pelo crime foi detido e um exame de DNA foi solicitado.

Em entrevista para a emissora, a irmã da vítima disse que a família está em choque.

Investigação

Além do rosto, outras partes do corpo foram localizadas e periciadas. A polícia quer saber, através dos exames, se Renan foi morto antes ou depois ser esquartejado.

A busca no rio começou após um pescador encontrar uma perna no dia 12. Desde lá a família fazia buscas no manancial com a ajuda do Corpo de Bombeiros, mas nada havia sido localizado, porém o pai não desistiu e continuou procurando, até achar a mala.

Após o encontro da mala, a Polícia Civil solicitou a volta dos bombeiros ao rio em busca de partes que estão faltando do corpo, como braços e o abdômen.

O sumiço

Renan foi visto pela última vez no dia 04 de maio na região do terminal de ônibus da cidade, no bairro Canta Galo. Uma câmera de segurança de um estabelecimento filmou o rapaz passando desacompanhado pelo local. No dia 12, a perna foi encontrada pelo pescador e reconhecida devido a uma tatuagem.

Até este momento, ninguém foi preso.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também