Hospital de Piracicaba (SP) registra mais de 15 mil recuperados da Covid-19

Desde o início da pandemia, instituição implantou protocolos específicos, além de pronto atendimento exclusivo e bloco de isolamento com equipes qualificadas

Mais de 15 mil pacientes diagnosticados com Covid-19 foram recuperados pela equipe do Hospital Unimed Piracicaba desde o início da pandemia. Anunciado, hoje, pelo presidente da Cooperativa, Carlos Joussef, o indicador comprova a assertividade do atendimento da Instituição, que implantou protocolos específicos, pronto atendimento exclusivo para sintomas de gripe, blocos de isolamento e telemonitoramento. O dado mostra que a unidade é responsável ainda por um terço dos curados na cidade.

Foto: Divulgação/Unimed

“Esse número demonstra a importância do nosso complexo hospitalar para Piracicaba que confiou na assistência da Unimed. São mais de 15 mil vidas salvas que voltaram para suas atividades e convívio familiar em segurança. Tudo isso foi possível graças ao empenho e dedicação de uma equipe comprometida e dedicada com a vida”, disse o dirigente.

Desde o início da pandemia — março do ano passado —, o complexo hospitalar registrou 15.599 beneficiários positivados para a Covid-19 e taxa de mortalidade de 1,3%, percentual bem inferior a média nacional (2,8%) e estadual (3,3%), bem como a de outros serviços do município.

“Hoje, a nossa taxa de testagem é uma das maiores do município – já são mais de 40 mil testados. Os números confirmam que estamos atendendo com excelência nossos beneficiários diante de tantas incertezas científicas”. O dirigente reforça o empenho e dedicação de todos os profissionais que estão atuando com bravura na linha de frente do atendimento à Covid-19.

Nesses últimos 14 meses, a unidade recebeu 1.254 pacientes internados por conta da doença. A média de permanência é de 6 dias em enfermaria e 21 dias em leitos de UTIs.

“Nossas equipes estão no limite, porém não podemos recuar. A pandemia ainda não acabou e nossos beneficiários dependem de nossos cuidados”.

Joussef demonstra também preocupação com o atual momento da pandemia, já que esta nova variante (P1) apresenta maior taxa de internação e mortalidade, principalmente entre os mais jovens. “Todos têm que ter atitudes conscientes, uma vez que somos responsáveis por nossas vidas e pelas vidas de nossos familiares, amigos e colegas de trabalho. Portanto, todo cuidado e prevenção são fundamentais”, alertou.

Telemedicina

Aliando tecnologia e atendimento, a Unimed Piracicaba implantou a telemedicina, modalidade de atendimento multiprofissional à distância, considerada uma das grandes tendências do segmento.

“Em tempos de pandemia, aproximar a informação e o acompanhamento aos nossos beneficiários é fundamental. Mas devemos lembrar que os números expressivos mostram a necessidade da tolerância, da paciência e da compreensão de todos para uma assistência segura”, completou Joussef.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também