Piracicaba (SP): Polícia Militar salva homem que seria morto em tribunal do crime

Na tarde desta segunda-feira (17), no bairro Mario Dedini, em Piracicaba (SP), policiais militares da Força Tática localizaram e salvaram um homem que seria morto em um tribunal do crime.

Foto: Divulgação/Polícia Militar

Segundo informações obtidas, a equipe estava se preparando para assumir o serviço quando tomou conhecimento que haveria um tribunal do crime na data de ontem. A informação recebida era a de que uma pessoa havia sido sequestrada desde a semana passada, e por volta das 15h desta segunda-feira (17), teria uma reunião para ser decretada ou não a morte dela.

Com base nas informações, a equipe conseguiu identificar a residência e se deslocou ao local para averiguar. Assim que os policiais chegaram, eles encontraram de três a quatro homens do lado de fora da casa, que ao perceberem a presença da polícia, correram para dentro da residência.

Os indivíduos foram detidos e a vítima localizada amarrada e amordaçada no banheiro. O homem contou aos policiais que estava desde a semana passada no cativeiro e que seria morto naquela data.

No local foram encontrados um revólver calibre 38 com seis munições dentro e sem numeração, uma sacola plástica contendo 196 porções de maconha, um notebook que suspostamente seria usado para a realização de uma videochamada pela organização criminosa e quatro celulares.

A proprietária da casa também foi presa em flagrante. Todos os criminosos foram conduzidos à delegacia e presos em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, organização criminosa, tentativa de homicídio, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, cárcere privado e tortura.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também