Carro de R$ 54 mil será sorteado pela Acipi; veja outros prêmios da campanha

Carro de R$ 54 mil será sorteado pela Acipi; veja outros prêmios da campanha

Entre os prêmios estão notebooks, smartphones, vales-compra, eletrodomésticos e um Fiat Argo zero quilômetro no valor médio de R$ 54 mil reais

Uma das maneiras mais eficazes para engajar clientes, aumentar o alcance da marca e atrair potenciais compradores para uma empresa é a realização de sorteios. Com estes objetivos, além de auxiliar nas vendas e na retomada do comércio, a Acipi preparou uma campanha com sorteio de mais de 150 prêmios, intitulada “Acipi Presente – com você e para você!”.

Reprodução: ACIPI

As promoções, divididas em datas comemorativas, se iniciam já no Dia dos Namorados, seguido por Dia dos Pais, Dia das Crianças, Semana Brasil (em substituição ao Dia das Mães), Esquenta Natal e um último, referente ao Natal.  Entre os prêmios estão notebooks, smartphones, vales-compra, eletrodomésticos e um Fiat Argo zero quilômetro no valor médio de R$ 54 mil reais.

Suporte aos associados

Durante o lançamento da campanha, que ocorreu na última quinta-feira (13), Luiz Carlos Furtuoso, presidente da Acipi, lembrou do momento complexo, a importância de seguir as regras de segurança e saúde, e citou que a entidade oferece a campanha com um apoio, em paralelo ao trabalho de suporte ao associado, especialmente neste período de pandemia. “Nós sempre fazemos essas campanhas pensando nos pequenos e médios negócios, porque é difícil fazer promoções deste nível, o custo é muito alto, precisa de autorização de órgão federal. Nossa intenção é ajudar, oferecer isso para que eles participem de uma grande campanha, com muitos sorteios, inclusive de um carro no fim do ano”, destacou.

Furtuoso ainda ressaltou que é importante as empresas fazerem a sua adesão o quanto antes, para que, então, possam oferecer esse diferencial aos seus clientes. “Nós damos oportunidade de oferecerem isso com custo extremamente baixo, pacotes de vários tamanhos, uma ideia superinteressante, já que alguns precisam de mais e outros de menos seladinhas, por exemplo. Isso é um processo de evolução constante, o que faz com que a Acipi atenda, de forma diferenciada, o seu associado”, acrescentou.

Segundo Mauricio Benato, vice-presidente da entidade, responsável pela área de promoções, mais do que prêmios, a entidade visa “estar presente” na vida de cada associado com esta iniciativa. “Neste momento tão difícil, a Acipi buscou representar os associados por meio de muitas ações para defender o setor. Para essa retomada, traz essa grande promoção. Vamos em busca de uma retomada saudável, segura e com muito crescimento”, salientou.

Diferenciais

As empresas poderão realizar a adesão por pacotes – P, M, G, GG e EGG, também com valores diferenciados que variam de R$ 49,90 a R$ 249,90 – pensados e preparados focando cada modelo de negócio, com kits de visual merchandising personalizados para decorar os pontos de venda em cada data especial.

“Com esses pacotes, conseguimos atender as empresas pequenas que não têm fluxo tão grande, mas gostariam muito de participar e sortear os prêmios aos clientes. O que muda em cada pacote é a quantidade de seladinhas que as empresas recebem. Além disso, o empresário e os colaboradores também poderão ganhar presentes”, disse Luis Gustavo Berto, diretor de Promoções da Acipi.

Como adicional, as empresas participantes ainda ganham as artes de divulgação da campanha, uma consultoria sobre como publicar os sorteios nas redes sociais e capacitação para aproveitar o investimento ao máximo.

Todos esses benefícios estão atrelados à regulamentação dos sorteios pela Secap (Secretaria de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria) – ligado ao Ministério da Economia, ou seja, o empresário não precisa se preocupar com o certificado de autorização.

Serviço

As adesões pelos associados seguem abertas. Empresas interessadas podem contatar o Departamento Comercial pelo telefone (19) 3417-1766 ou e-mail [email protected]

Mais notícias Acipi

Acipi entrega abaixo assinatura ao vice-governador

Representando seus associados, a Acipi entregou, em mãos, ao vice-governador, Rodrigo Garcia, um abaixo-assinado, pedindo um olhar diferenciado do governo estadual para o funcionamento do comércio, bares e restaurantes.

Com cerca de 1.500 assinaturas, o documento pede ao governador João Doria maior sensibilidade e apoio em se tratando do fechamento desses estabelecimentos devido à pandemia.

O abaixo-assinado é uma iniciativa da Acipi, juntamente com o Simespi (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, de Material Elétrico, Eletrônico, Siderúrgicas, Fundições e Similares de Piracicaba e Região), CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) Piracicaba, Apaflar (Associação Piracicabana Da Alimentação Fora Do Lar), Apapir (Associação da Indústria de Panificação e Confeitaria de Piracicaba e Região), Sincomércio Piracicaba (Sindicato do Comércio Varejista de Piracicaba e Região) e demais entidades de classe.

A entrega ocorreu no sábado, dia 08 de maio, quando o vice-governador e também o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Marco Vinholi, estiveram na sede da Acipi para audiência pública de criação da Região Metropolitana de Piracicaba.

Teor

O presidente da Acipi, Luiz Carlos Furtuoso, ressalta que a iniciativa de colher as assinaturas, é uma forma de pedir apoio aos setores que foram tão prejudicados com a pandemia. “Nossa preocupação sempre foi com a saúde, nunca deixamos de cumprir com os protocolos sanitários e de pensar no bem-estar dos trabalhadores e clientes. Não somos responsáveis pela transmissão da Covid-19. Só queremos trabalhar sem novos fechamentos. Se tivermos novos fechamentos, outros tantos estabelecimentos não suportarão e terão de encerrar suas atividades. Não podemos ter mais um problema, que será o de ordem econômica e social”, afirma.

Trecho do documento cita que “os micros, pequenos e médios empresários ou donos de pequenos negócios são os maiores geradores de emprego no Estado e no país”  e “tais trabalhadores e suas famílias estão sem amparo do poder público, não tendo sequer alimento, por mais básico que seja, para saciar a fome de seus filhos. Quem está colaborando mais uma vez, neste contexto, são as empresas e a população, que vem realizando, inclusive, campanhas de arrecadação de alimentos”. 

Participação

O empresário do ramo de alimentação Adenir José Graciani recolheu mais de 640 assinaturas. Segundo ele, a participação no abaixo-assinado tem o objetivo de demostrar ao governador as dificuldades enfrentadas neste período. “A quantidade de pequenos e médios empresários que estão fechando as portas devido à situação do lockdown é grande e sentimos que isso é paliativo porque têm segmentos que continuam abertos e permitem o contato entre as pessoas, por exemplo. O que mais falta é conscientizar a população da maneira correta. Fizemos um esforço muito grande para nos manter até aqui e manter os empregos. Pedimos que repensem e vejam os números e isso não volte a acontecer”, afirma.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também