Seguidores que comemoraram morte de Bruno Covas são bloqueados no PIRANOT

Seguidores que comemoraram morte de Bruno Covas são bloqueados no PIRANOT

O PIRANOT bloqueou e excluiu comentários de seguidores que comemoraram a morte do prefeito de São Paulo (SP), Bruno Covas, nesta manhã (16). A marca, administrada pela Empresa Júnior Cardoso LTDA, reforça que não tolera o radicalismo e tem adotado diversas ações para inibir atitudes como a de hoje. Em algumas publicações já divulgamos com prévio bloqueio de comentários, mas dado ao número imenso de seguidores não temos controle sobre tudo.

Bruno covas
Foto: Reprodução/TV Globo

O PIRANOT também emite uma nota sobre a morte de Bruno, que comoveu nossos seguidores:

Que a garra de Bruno Covas na luta contra o câncer nos sirva como inspiração para enfrentar de frente os desafios das nossas vidas.

A morte de Bruno e de Eva Wilma ontem, também noticiada em um plantão do PIRANOT, mostram que, diferente do que os negacionistas tentam criar como realidade, não se morre “apenas” por Covid. É importante que todos mantenham, dentro do possível, os exames em dia para detecção precoce de doenças.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também