Tiroteio deixa pelo menos 11 mortos em escola na Rússia

Tiroteio deixa pelo menos 11 mortos em escola na Rússia

Mais de 30 pessoas ficaram feridas na cidade de Kazan

Onze pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas esta manhã durante um ataque a uma escola na cidade russa de Kazan. O ataque foi feito por dois atiradores. Um deles, um adolescente, acabou detido e o outro morreu no confronto com a polícia. Entre os mortos estão estudantes e um professor.

O incidente é considerado o mais grave dos últimos anos em uma escola da Rússia. As autoridades garantem que a situação já está sob controle e descartam a hipótese de ação terrorista por parte de uma organização extremista.

O correspondente da RTP na Rússia, Evgueni Mouravitch, informa que um dos atiradores é ex-aluno da escola com perturbação mental.

O presidente russo, Vladimir Putin, determinou a revisão da lei de porte de armas após o tiroteio em Kazan.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também