Construção do Hospital Veterinário de Piracicaba (SP) só depende do Estado, diz vereadora

Construção do Hospital Veterinário de Piracicaba (SP) só depende do Estado, diz vereadora

Alessandra Bellucci conferiu a área destinada à construção do serviço público voltado aos animais; município está com toda a documentação correta, reforçou a parlamentar

A área destinada pelo município ao governo paulista para a construção do Hospital Veterinário público está com a documentação pronta e só depende do aval da gestão João Doria (PSDB) para iniciar as obras. É o que constatou a vereadora e protetora dos animais Alessandra Bellucci (Republicanos) em visita, nesta quarta-feira (05), ao terreno de 1.742 metros quadrados, situado no Jardim Terra Rica III, que já conta com projeto definido.

Crédito: Assessoria parlamentar

Acompanhada do secretário municipal de Governo, Carlos Beltrame, Alessandra informou que a previsão do Palácio dos Bandeirantes é de iniciar as obras somente depois de 2022, em razão da prioridade dada neste momento ao combate à pandemia, mas que conta com o apoio do deputado estadual Bruno Lima (PSL) para agilizar o processo.

“Estamos, a Prefeitura e meu mandato, fazendo de tudo para que o hospital venha para a cidade, de olho em prazos e datas e torcendo para que, no ano que vem, ocorra a construção desse hospital, pois está tudo regularizado para as obras acontecerem”, disse Alessandra, reforçando que a parte que cabe ao município cumprir “está em dia”, na dependência somente do planejamento do governo estadual.

Assinado em 14 de fevereiro de 2020, o decreto 18.188, que cedeu o terreno no Terra Rica, selou a última etapa do processo iniciado em maio de 2019, quando a Prefeitura se credenciou para fazer parte do programa estadual “Meu Pet”, que promoverá a construção de dez hospitais veterinários em cidades do Interior paulista e os equipará. Como a concessão valia inicialmente por 18 meses, ela precisará ser renovada pelo município.

“Como a pandemia ocasionou o atraso da construção do Hospital Veterinário por parte do governo estadual, não só Piracicaba como outras cidades têm que fazer a renovação da concessão, que vence agora”, observou Alessandra sobre a formalidade, necessária para garantir que, caso houvesse algum impasse inviabilizando o compromisso firmado pelo Estado, o terreno retornaria ao município ao fim dos 18 meses.

“O governo Luciano Almeida está fazendo todo o trâmite para que a documentação continue correta como está. A gestão atual atendeu a todos os pedidos necessários para que o Estado agora cumpra esse compromisso”, acrescentou a vereadora.

O terreno de 1.742 metros quadrados está limitado pelas ruas Yolanda Pereira D’Elboux e Antonio Carlos Negrisiolo, ao lado da unidade de saúde da família do Jardim Terra Rica III. Inicialmente, a ideia de levar o hospital à região era aproveitar a proximidade da área com a Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba), para possível convênio de estágio com estudantes da graduação em medicina veterinária.

Na visita ao local, Alessandra Bellucci disse lhe “preocupa bastante” o fato de o futuro Hospital Veterinário “estar longe do público que mais precisa”. “A ideia do governo anterior era fazer parceria com a Unimep para tocar o hospital, mas eu acabo concluindo que fica longe da comunidade carente, que é quem mais necessita desse atendimento de saúde animal sem custo nenhum.”

Crédito: Assessoria parlamentar
Crédito: Assessoria parlamentar
Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também