Prefeitura de Piracicaba (SP) volta a causar transtornos em vacinação e aglomeração coloca vidas em risco

Prefeitura de Piracicaba (SP) volta a causar transtornos em vacinação e aglomeração coloca vidas em risco

Pela segunda vez, o Governo Luciano Almeida (DEM) causou transtornos na vacinação local. No último sábado (01), ele teve a ideia de centralizar no Ginásio Municipal todas as aplicações de vacina, mas devido à falta de organização, acabou causando aglomeração e colocando a saúde das pessoas ainda mais em risco.

Foto: PIRANOT

Foto recebida pelo PIRANOT mostra como estava o começo da vacinação. Vídeo também recebido mostra um começo da organização de uma fila, mas a fila terminou em aglomeração.

O anúncio de centralização foi comunicada em um release. Você pode ler ele na íntegra no final da notícia.

Ideia ruim

Além de estar numa parte isolada do Centro, o acesso ao ginásio se dá por carro ou ônibus que, por sua vez, seguem lotados. Nesta segunda opção, até têm linhas que passam perto, mas atravessar a Avenida Independência movimentadíssima neste trecho é difícil e os pontos são longe de onde é o acesso. Estamos falando de idosos que geralmente têm dificuldades físicas de se movimentar. Será que é boa essa atitude?

Segunda vez

No primeiro dia da vacinação na cidade, centralizada no Shopping, já tinha dado errado e mostrado que não era bom isso. De lá para cá a vacinação passou a ocorrer nas unidades que compõem o SUS o que vinha dando certo.

Disparo e hospital de campanha

Mais cedo noticiamos o aumento de 39% nas internações por Covid. Nos últimos dias, a Prefeitura anunciou que a UPA Vila Rezende deixará de ser hospital de campanha e voltará ao atendimento normal nos próximos dias.

Falando em hospital de campanha, anunciado só após a cidade chegar a 100% de ocupação de UTIs, ficou na promessa e 10% dos novos casos que estão circulando em Piracicaba são de variantes do vírus.

Outro lado

Embora a repercussão negativa, inclusive na imprensa regional, a Prefeitura disse, em nota, que a vacinação foi um sucesso.

O anúncio

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, passará a centralizar a vacinação da Covid-19 no Ginásio Municipal de Esportes Waldemar Blatkauskas, na rua Treze de Maio, 2.122, no Bairro Alto. Neste sábado, 1º/05, o local já começa a ser usado para aplicar a 1ª dose da vacina em pessoas com 63 anos ou mais, conforme o agendamento no site VacinaPira.

Excepcionalmente neste sábado a aplicação de 2ª dose será realizada em três unidades de saúde, também mediante agendamento. Pessoas que já têm a aplicação da vacina agendada em UBS e CRAB entre hoje, 29/04, amanhã, 30/04, e sábado (2ª dose) devem seguir as informações de horário e local fornecidos no VacinaPira ao finalizar o agendamento. Posteriormente todas as doses (1ª a 2ª) serão aplicadas no Ginásio.

Centralizar a vacinação da Covid no Ginásio é uma estratégia da Saúde para organizar as aplicações das 1ª e 2ª doses das vacinas contra a Covid, uma vez que a quantidade de pessoas tende a aumentar com a expansão dos grupos e fases. Além disso, com a centralização, as unidades poderão focar na rotina médica diária de outras doenças, na vacinação contra gripe no período da manhã e no Projeto RespirAr no período da tarde.

A vacinação fixa no Ginásio será feita de segunda a sexta-feira, conforme a disponibilidade de doses e agendamento, e – quando necessário – no sábado. Para não gerar aglomeração, a pessoa deve respeitar o seu horário agendado e não levar acompanhante a não ser, por exemplo, idosos que tenham dificuldades de locomoção.

Serão sete equipes aplicando a vacina no Ginásio. As equipes estarão organizadas de forma separada para aplicação de 1ª e 2ª dose e também de fabricantes diferentes. O objetivo é vacinar, em média, 200 pessoas por hora.

Na vacinação deste sábado, a Semuttran (Secretaria Municipal de Mobilidade, Trânsito e Transportes) vai dar suporte para organizar o trânsito, auxiliando no fluxo, manobra e embarque e desembarque de passageiros. Ao redor do Ginásio há, em média, 100 vagas de estacionamento.

VACINÔMETRO – De acordo com o Vacinômetro divulgado nesta quinta-feira, 29/04, Piracicaba ultrapassou as 100 mil doses de vacina contra Covid-19 aplicadas. Já foram aplicadas 103.324 doses, sendo 63.284 de 1ª dose e 40.040 de 2ª dose.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também