Piracicaba (SP): nove eventos foram interditados na cidade nos últimos dias

Piracicaba (SP): nove eventos foram interditados na cidade nos últimos dias

Um dos eventos contava até com participantes de cidades vizinhas

A força-tarefa criada pela Prefeitura de Piracicaba (SP) para fiscalizar bares, lanchonetes, festas particulares e clandestinas na Fase Vermelha do Plano São Paulo de combate ao coronavírus realizou 102 inspeções no período de 08 a 11 de abril, que resultaram na interdição de nove eventos.

O campeonato de bilhar reuniu mais de 40 pessoas – Foto: Divulgação/Prefeitura de Piracicaba

Nesse período, duas festas que promoviam aglomerações chamaram a atenção, uma delas no bairro Nova Suíça, com a presença de mais de 50 pessoas, e outra no distrito de Tupi, onde acontecia um campeonato de bilhar que contava, inclusive, com participantes de cidades vizinhas.

Foi por intermédio de denúncia anônima que a equipe da Prefeitura chegou à chácara no distrito do Tupi, que abrigava o campeonato de bilhar. O evento, divulgado nas mídias sociais, reunia mais de 40 pessoas, contando até mesmo com competidores de outros municípios e premiação em dinheiro para os vencedores. Diante das circunstâncias, a força-tarefa interrompeu o torneio e o interditou imediatamente. Todas as ações transcorreram de maneira pacífica.

Um outro evento particular, desta vez numa chácara da Nova Suíça, também promovia aglomeração, em meio a uma festa temática que acontecia no sábado com mais de 50 pessoas. Nenhum dos presentes contestou a atuação da força-tarefa e a festa foi interditada. A denúncia sobre a festa irregular também foi anônima e feita para ao Pelotão Ambiental.

A força-tarefa da Prefeitura é formada pelo Centro de Vigilância em Saúde (Cevisa), órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde e do qual fazem parte o Cerest (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador) e a Vigilância Sanitária, além da Secretaria de Finanças, Semuttran (Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte), Procon, Guarda Civil e Polícia Militar.

DENÚNCIAS – As equipes da força-tarefa seguem um cronograma e também atendem as denúncias realizadas por meio do 153 (GC), 199 (Defesa Civil) e (19) 3426-1996 (Pelotão Ambiental).

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também