Psicóloga de 31 anos morta pela vizinha em Piracicaba (SP) teve 50% do corpo queimado

Psicóloga de 31 anos morta pela vizinha em Piracicaba (SP) teve 50% do corpo queimado

O crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (15), no bairro Alto

A psicóloga Vanessa Augusto de Santa Bárbara, de 31 anos, morreu após ter 50% do corpo queimado pela vizinha por conta de uma discussão motivada pelo som alto. O crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (15), no bairro Alto, em Piracicaba (SP). A vítima ficou internada, mas não resistiu e morreu na noite desta terça (16). A criminosa de 32 anos foi presa na tarde de ontem (17).

Foto: Reprodução/Facebook

Segundo informações, a autora do crime se alterou após uma reclamação de Vanessa por conta do som alto. Então, ela entrou em sua casa e retornou com um recipiente com líquido inflamável dentro, jogou na psicóloga e depois ateou fogo.

Vanessa deu entrada na Santa Casa de Piracicaba, mas em decorrência da gravidade do caso, ela foi transferida ao Hospital Geral de Vila Penteado, em São Paulo. Ela permaneceu internada, mas sofreu insuficiência respiratória e morreu na noite desta terça-feira (16).

Foto: Reprodução/Facebook

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também