“Ela pediu essa homenagem”, diz jovem que tocou violino no enterro da mãe, morta por coronavírus

Vídeo ‘viralizou’ nas redes sociais

O violinista Rafael Borges, que enterrou a mãe, morta por Covid, tocando um hino, contou que a vítima fez o pedido ainda em vida. Selma Borges pegou o vírus após o marido, que venceu a doença.

Foto: Divulgação

Em entrevista ao “Balanço Geral GO”, Rafael falou sobre a mãe. “Era uma pessoa boa. Cozinhava para todo mundo”, disse.

Diagnosticada com Covid, Selma foi internada e logo precisou de UTI. Rafael conta que a mãe chegou a ter duas paradas cardíacas e estava ciente da gravidade do estado de saúde da vítima quando a família recebeu um telefonema. “Disseram peguem os documentos e venham para o hospital”, contou.

Selma foi enterrada ao som do seu hino preferido. Em vida ela pediu ao filho essa última homenagem, que foi atendida e emocionou todos os presentes no cemitério nesta semana. O vídeo ‘viralizou’ na internet e foi mostrado também no “Cidade Alerta”, levando a apresentadora ao choro. “Não aguento mais. O povo pedindo ajuda. Pedindo UTI, não conseguimos ajudar. Nem dinheiro para isso temos, gente”, disse.

Assista a entrevista completa no player a seguir:

Assista a apresentadora emocionada:

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também