Doria recua e não anuncia novas medidas restritivas durante coletiva desta quarta (17)

Regras da Fase Emergencial, em vigor desde segunda-feira (15), continuam valendo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), recuou e não anunciou na coletiva de hoje (17), novas medidas restritivas para a Fase Emergencial, em vigor desde segunda-feira (15). Doria havia informado na manhã desta quarta-feira que decretaria medidas ainda mais restritivas para evitar um ‘colapso’ pior no sistema de Saúde.

Foto: Governo do Estado de SP

Segundo o pronunciamento, porta-vozes do setor de Saúde do Governo Estadual defenderam que é preciso esperar para verificar os impactos das restrições que já foram adotadas.

Paulo Menezes, coordenador deste grupo de médicos e cientistas, defendeu que é preciso esperar para verificar os efeitos das regras adotadas desde segunda (15).

“Semana passada já foram tomadas medidas muito firmes e que impactam a vida da grande maioria da população de São Paulo, no ganha pão de cada um, e nós precisamos de algum tempo para poder observar o impacto dessas medidas. Nós estamos acompanhando e, ao mesmo tempo, estamos discutindo se houver necessidade de outras medidas, quais seriam essas medidas”, disse Menezes.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também