Caso Isis Helena: laudo médico aponta que mãe foi executada na cadeia

O Cidade Alerta teve acesso ao documento que afirma a causa da morte da mãe de Isis Helena

Laudo médico do IML (Instituto Médico Legal) apontou que Jennifer, acusada de matar a própria filha, foi assassinada dentro da cadeia. Segundo informações do Cidade Alerta, a morte foi causada por uma asfixia mecânica.

A criminosa estava prestes a deixar o presídio e iria poder contar em sua audiência tudo o que acontecia lá dentro. A mãe da Isis Helena tinha entrado com pedido de habeas corpus, mas morreu antes do pedido ser julgado. Veja a reportagem completa do Cidade Alerta clicando aqui.

Caso Isis Helena

Jennifer Natalia Pedro, acusada de matar a filha Isis Helena, que na época do crime tinha um ano e dez meses, foi encontrada morta na cadeia no dia 22 de fevereiro.

O crime cometido por ela aconteceu em março de 2020 e gerou comoção em todo o Brasil. O PIRANOT acompanhou o caso do início ao fim, confira todas as notícias e entenda o caso clicando aqui.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também