Tiro acidental mata jovem de 19 anos em baile funk clandestino

A jovem Gabrielli Mendes, de 19 anos, morreu após levar um tiro acidental dado por um guarda civil municipal, na madrugada deste domingo (02), em Rio Claro. A tragédia ocorreu durante uma ação para dispersar aglomeração em um baile funk.

Uma foto da vítima de 19 anos que morreu com um tiro acidental em Rio Claro
Foto: Reprodução / Facebook.

De acordo com informações da Polícia Civil, moradores da região do bairro Jardim Panorama, em Rio Claro, ligaram para a Guarda Civil Municipal (GCM) a fim de reclamar do barulho de um baile funk que acontecia irregularmente no bairro. Os guardas foram até o local a fim de dispersar a aglomeração, porém foram recebidos com garrafadas.

Um guarda civil de 51 anos, que estava com uma arma de fogo calibre 12, foi manusear a arma para colocar uma bala de borracha, porém o armamento acabou disparando acidentalmente atingindo Gabrielli Mendes na altura do peito. Além de Gabrielli, um homem de 29 anos também ficou ferido.

A ocorrência foi apresentada no Plantão Policial de Rio Claro, na Rua Doze. O guarda foi autuado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e ainda prestará esclarecimento do ocorrido.

O corpo de Gabrielli Mendes foi velado no Velório Municipal e sepultado ainda no fim da tarde deste domingo (02), no Memorial Parque das Meninas, em Rio Claro, na região de Piracicaba (SP).

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também