Em Piracicaba, TUPi se manifesta sobre superlotação nos ônibus do município

Em Piracicaba, TUPi se manifesta sobre superlotação nos ônibus do município

Muitos leitores do Jornal PIRANOT têm entrado em contato com a redação para reclamar da superlotação no transporte público (ônibus) de Piracicaba. A reclamação vale para linhas que atendem os mais diferentes bairros da cidade e motivou, inclusive, duas reuniões na Câmara de Vereadores de Piracicaba: uma com o Sindicato dos Motoristas e outra com um grupo de trabalhadores.

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

A fim de sanar melhor a questão e elucidar a que pé anda a conversação, o PIRANOT entrou em contato com a TUPi na tarde desta terça-feira (28). Em nota, a empresa informou que “quanto aos aumentos de linhas e horários, a TUPi segue as Ordens de Serviço (OS) da Semuttran. Existe uma analise técnica diária sobre demanda de passageiros feita pela Semuttran com o nosso auxílio. No entanto, esse aumento só pode ser feito por determinação expressa da Semuttran.”

Presidente da Câmara pede mais ônibus nas ruas para evitar aglomerações

A aglomeração de pessoas no transporte público ocorre simplesmente por conta da quantidade reduzida de ônibus nas ruas, consequência da pandemia provocada pelo coronavírus (Covid-19). Por conta disso, o presidente da Câmara de Vereadores de Piracicaba, parlamentar Gilmar Rotta, solicitou à prefeitura e à TUPi um aumento do número de veículos, o que contribuiria para reduzir as aglomerações que estão sendo verificadas no sistema de transporte.

Segundo o presidente, o pedido será devidamente encaminhado, via ofício.

Leia mais aqui no PIRANOT:

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também