Morre apresentador do SporTV Rodrigo Rodrigues

Morre apresentador do SporTV Rodrigo Rodrigues

Morreu hoje (28), aos 45 anos, o jornalista, músico e escritor Rodrigo Rodrigues. Ele teve diagnóstico de Covid-19 e estava internado desde o último sábado no Hospital Unimed-Rio, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pelo Grupo Globo, em que ele trabalhava.

Uma foto do apresentador Rodrigo Rodrigues durante o programa do SporTV
Foto: Reprodução/SporTV

Atualmente apresentador do canal esportivo SporTV, Rodrigo Rodrigues havia sido diagnosticado há 15 dias com Covid-19 e estava afastado do trabalho. No sábado (25), ele manifestou sintomas como dor de cabeça, vômitos e desorientação e deu entrada na emergência do Hospital Unimed-Rio.

Segundo o boletim médico, após exames foi constatado que o jornalista teve uma trombose venosa cerebral, o que levou a um procedimento para diminuir a pressão intracraniana no domingo (26).

O jornalista estava no Grupo Globo desde 2019. Na segunda (27), o hospital divulgou uma nova atualização sobre o seu estado de saúde. Segundo a nota, ele permanecia em coma induzido, monitorizado em unidade de terapia intensiva.

Apresentando o ‘Troca de Passes’ desde setembro de 2019, Rodrigo Rodrigues entrou no Grupo Globo no ano passado. Com passagens por vários canais de televisão aberta, como SBT, TV Cultura, Band e TV Gazeta, ele também trabalhou na ESPN e no Esporte Interativo.

Também era músico e escreveu livros, como “Almanaque da Música Pop no Cinema” e “London London: O único guia para conhecer Londres utilizando o metrô”.

Em nota oficial, o hospital Unimed Rio confirmou a morte do apresentador. Leia abaixo na íntegra:

“O Hospital Unimed-Rio informa, com pesar, que, após a realização de protocolo de avaliação na manhã desta terça-feira, foi atestada morte encefálica no paciente Rodrigo de Oliveira Rodrigues. O paciente encontrava-se em estado grave e coma induzido, em unidade de terapia intensiva, desde o último domingo, 26/07, após ter sido submetido a procedimento para diminuição da pressão intracraniana em decorrência de uma trombose venosa cerebral. Rodrigo havia dado entrada na emergência da nossa unidade no sábado, 25/07, com quadro grave e diagnóstico prévio de Covid-19.

Toda a equipe do Hospital Unimed-Rio se solidariza com familiares, amigos e admiradores do trabalho de Rodrigo Rodrigues”.

Com informações do Folhapress.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também