Doria anuncia reabertura gradual das atividades no Estado de SP a partir de 11 de maio

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou hoje (22), a reabertura gradual da economia no Estado de São Paulo a partir do dia 11 de maio, data que termina a 2ª prorrogação da quarentena. Segundo o que informou, a medida de flexibilização do isolamento social devido ao coronavírus será feita em etapas, com autorizações específicas para cada região do estado e não valerá para todos os estabelecimentos.

Doria anuncia reabertura gradual das atividades no Estado de SP a partir de 11 de maio
Foto: Divulgação

“Numa pandemia como essa, quem determina os nossos passos são a saúde e a medicina, a saúde e a ciência e, assim, continuará a partir de 11 de maio, após o termino da atual quarentena que vai até 10 de maio. Vamos levar em conta situações locais, regionais e setores que possam retornar a economia com as devidas medidas de proteção”, disse Doria durante anuncio feito nesta quarta-feira (22).

As autorizações para o funcionamento do comércio vão depender da situação específica de cada cidade ou região do estado. A reabertura gradual deverá respeitar regras estabelecidas pelo governo. O uso de máscaras é uma delas.

A quarentena teve início no dia 24 de março nos 645 municípios do estado e foi prorrogada duas vezes por conta do avanço da pandemia no novo coronavírus (Covid-19).

As determinações para a reabertura são discutidas entre Henrique Meirelles, secretário da Fazenda e Planejamento e Patrícia Ellen, secretária do Desenvolvimento Econômico. Grupos de médicos, epidemiologistas, técnicos de governo, empresários e economistas também discutiram o plano.

A quarentena segue com o fechamento do comércio e todos os outros serviços não essenciais, mantendo apenas os serviços essenciais, como nas áreas de Saúde e Segurança.

O que pode funcionar na quarentena?

  • Hospitais, clínicas, farmácias e clínicas odontológicas;
  • Transporte público;
  • Transportadoras e armazéns;
  • Empresas de telemarketing;
  • Petshops;
  • Deliverys;
  • Supermercados, mercados e padarias;
  • Limpeza pública;
  • Postos de combustível.

O que não pode funcionar na quarentena?

  • Bares;
  • Restaurantes;
  • Cafés;
  • Casas noturnas;
  • Shopping centers e galerias;
  • Academias e centros de ginástica;
  • Espaços para festas, casamentos, shows e eventos;
  • Escolas públicas ou privadas.

Os bares, cafés e restaurantes podem manter o funcionamento em sistema de delivery e/ou drive thru. A medida também afeta as padarias de todo o estado que trabalham com refeições.

Os hospitais, clínicas, farmácias e clínicas odontológicas, públicas ou privadas, devem seguir com o funcionamento normal.

As transportadoras, armazéns, serviços de transporte público, serviços de call center, petshops, bancas de jornais, táxis e aplicativos de transporte continuam funcionando com as orientações dos sanitaristas.

Os serviços de Segurança Pública, tanto estadual, quanto municipais, continuam funcionando normalmente. Os bancos e lotéricas também continuam abertos. As indústrias devem continuam operando, já que não têm atendimento ao público em geral.

O isolamento social é a única maneira de frear o crescimento dos casos de coronavírus. Então, se possível, fique em casa.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também