Connect with us

Meio-ambiente

Canudos plásticos estão proibidos em Piracicaba a partir de segunda-feira (15)

Rafael Fioravanti

Published

on

O fornecimento e utilização de canudos plásticos em Piracicaba (SP) estão terminantemente proibidos a partir da próxima segunda-feira (15). Com isso, o comércio geral tem três meses para se adequar à lei.

canudos plásticos

Foto: Salmo Duarte / A Notícia

De acordo com a legislação, restaurantes, bares, buffet, cafés, botequins, lanchonetes, padarias, quiosques de ambulantes e similares estão proibidos de utilizar e fornecer canudos de material plástico aos clientes. A mesma regra deve ser seguida por boates, casas de festas infanto-juvenis, casas de espetáculos, casas noturnas, clubes sociais, clubes de serviços e estabelecimentos congêneres.

O vereador Marcos Abdala foi a mente por trás desta legislação. Na ocasião em que o texto do projeto de lei complementar foi aprovado, na reunião ordinária de 8 de abril, o vereador disse em seu discurso que se um brasileiro usar um canudo plástico por dia, em um ano serão consumidos 75.219.722.680 canudos. “Produtos maiores são retirados com maior facilidade da natureza e aproveitados pela reciclagem, como é o caso do papelão e da lata de alumínio. Mas ninguém de nós nunca separou um canudo para a reciclagem. Ou seja, o plástico é um vilão silencioso, que leva 100 anos para se decompor na natureza”, disse.

Como alternativa, o vereador Marcos Abdala sugere que os estabelecimentos substituam os canudos plásticos por canudos em papel reciclável, material comestível ou biodegradável, embalados individualmente em envelopes hermeticamente fechados, feitos do mesmo material.

“Desde a aprovação na Câmara, recebi vários telefonemas em meu gabinete. O assunto também ganhou discussão na sala de aula das universidades e colégios. Os comerciantes, quando começaram a ter contato com a lei, perceberam que a proibição do canudo plástico não trará impactos financeiros. Eles viram no canudo biodegradável uma alternativa. Faz alguns anos que temos a consciência, no entanto, é preciso uma mudança de comportamento e esta lei colabora nesse sentido”, comentou.

Rafael é formado em jornalismo (comunicação social) pela Universidade Mackenzie, em São Paulo. Possui experiência em redações e editoras literárias. Integra a equipe do Jornal PIRANOT desde dezembro de 2017.

3 Comments

3 Comments

  1. Avatar

    jefferson

    11 de julho de 2019 at 19:21

    não entendi a conta… 1 (brasileiro) x 365 (dias no ano)= 75.219.722.680 (??)

  2. Avatar

    Marcos Done Moreira

    11 de julho de 2019 at 19:33

    Este senhor vereador pode esprica melhor porque canudos não podem copo plástico que eles usam na Câmara pode me poupe

  3. Avatar

    Anderson

    12 de julho de 2019 at 12:48

    Esse vereador precisa URGENTE de aulas de matemática………..kkkkkkkkkkkk

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.