Em Piracicaba, Justiça decreta prisão de três criminosos acusados de assassinato

Na tarde desta terça-feira (02), a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Piracicaba (SP) apontou dois homens e uma mulher como os suspeitos do assassinato de Washington Luis dos Santos, de 31 anos, morto em 26 de julho do ano passado. O trio estava foragido desde então.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima levou um tiro na cabeça e teria sido atropelada em seguida para que fosse forjado um acidente. O corpo foi encontrado com lesões e ensanguentado na Estrada da Floresta, no bairro rural Monte Branco.

Os dois homens cometeram o assassinato e usaram um Fiat Uno no atropelamento. Em seguida, eles abandonaram o veículo, que parou de funcionar, a cerca de dez quilômetros de onde o corpo foi encontrado.

Investigação

A investigação durou 11 meses e culminou no pedido de prisão temporária (30 dias) contra os três. A Justiça decretou a prisão em 25 de junho, mas o trio não foi encontrado pelos policiais.

De acordo com a Delegada Juliana Ricci, eles serão indiciados por homicídio qualificado e por outros crimes. “Eles provavelmente respondam a outros crimes também, como fraude processual, falsa comunicação de crime e outros”.

Relembre o caso clicando aqui.

Informar Erro
Leia também