Polícia identifica turco de 37 anos como suspeito de ataque em Utrecht, na Holanda

Polícia identifica turco de 37 anos como suspeito de ataque em Utrecht, na Holanda

A polícia da cidade de Utrecht, na Holanda, divulgou a imagem do turco Gökman Tanis, de 37 anos, apontado como principal autor dos disparos em um bonde elétrico que deixou ao menos três mortos e vários feridos na manhã desta segunda-feira (18). O homem é procurado. Foram feitos cercos em vários locais, mas ele não foi capturado até o momento.

Foto: Reprodução Twitter

Por meio do Twitter, a polícia divulgou a imagem do suspeito e pediu para que as pessoas fiquem longe dele, caso o vejam.

A polícia informou que o ataque foi registrado às 10h45, horário local. Uma unidade antiterrorista foi enviada pelas autoridades ao local do episódio, a possibilidade de motivações terroristas é considerada pelos policiais.

Segundo testemunhas, o homem sacou uma arma e começou a disparar de forma aleatória e contínua contra pessoas dentro de um bonde elétrico na Praça 24 de Outubro, no Centro da cidade.

O governo de Utrecht elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois do ataque e as autoridades ordenaram que os espaços públicos permaneçam fechados até segunda ordem. A segurança foi reforçada em escolas, mesquitas, estações e aeroportos.

A cidade de Utrecht tem mais de 330 mil habitantes e fica a cerca de 40 km da capital holandesa, Amsterdã. Em Utrecht, encontra-se a Universidade de Utreque, uma das mais prestigiadas da Holanda, por isso possui uma grande presença de estudantes.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também