Travesti de 36 anos é morto a pauladas pelo companheiro, em Piracicaba

Travesti de 36 anos é morto a pauladas pelo companheiro, em Piracicaba

Um travesti foi morto a pauladas na madrugada desta segunda-feira (04), em Piracicaba (SP). O crime ocorreu em um imóvel da Rua Amadeu Castanho, bairro Vila Fátima, quase no cruzamento com a Rua Cláudio Bere.

Foto: Polícia Militar

De acordo com informações passadas pela Polícia Militar, o travesti de 36 anos era amasiado com um indivíduo de 27. Esse indivíduo contou aos policiais que o travesti fez um programa na noite deste domingo (03), e, já pela madrugada desta segunda, após uma discussão, ocorreu a agressão. O indivíduo de 27 anos desferiu uma série de pauladas no rosto do seu companheiro, matando-o instantaneamente no local. Eles moravam juntos há cerca de dois meses.

A prisão do indivíduo foi uma rápida resposta da Equipe Delta da Polícia Militar de Piracicaba, sob responsabilidade do 1º Sargento Chagas. Assim que as equipes chegaram no local e tomaram ciência do ocorrido, descobriram que alguns familiares do agressor residiam no Bosque dos Lenheiros, na zona norte do município. O indivíduo foi preso em flagrante na casa de um familiar.

O indivíduo de 27 anos já possui passagem pela polícia, também por crime de homicídio. Ele ficou preso durante sete anos, dos 20 aos 27, após matar a própria tia a pedradas. Trata-se, agora, de seu segundo crime de homicídio. Ele foi detido e recolhido novamente à carceragem, onde segue à disposição da Justiça.

Foto: Polícia Militar
Foto: Polícia Militar

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também