Piracicaba (SP) registra o primeiro caso de morcego com raiva de 2019

Piracicaba (SP) registra o primeiro caso de morcego com raiva de 2019

Foi registrado na última sexta-feira (25), pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), o primeiro caso de morcego com raiva em Piracicaba (SP) neste ano. O animal foi capturado na Rua Manaus, bairro Glebas Califórnia e teve a doença confirmada pelo laboratório de análises do CCZ-SP.

Segundo relatos de moradores do bairro, o morcego não teve contato com cães, gatos ou com humanos. No entanto, o CCZ orienta que os animais de estimação da redondeza, que ainda não foram vacinados contra raiva, devem ser imunizados gratuitamente no próprio CCZ ou em uma clínica veterinária particular.

Em 2018 foram registrados 12 casos de morcegos com raiva, encontrados em praticamente todas as regiões da cidade. De acordo com o secretário de Saúde, Dr. Pedro Mello, as campanhas antirrábicas anuais têm contado com apoio da população da zona urbana e rural. Contudo, não se pode perder de vista o fato de que o contágio da doença é real, por isso é tão importante que a imunização seja feita anualmente.

“Não podemos perder a oportunidade para enfatizar o risco da propagação da raiva, principalmente identificada nos morcegos, que podem transmiti-la aos animais de estimação. Por isso a importância de manter a vacinação em dia e procurar o CCZ para a imunização quando é identificado no bairro um morcego doente, mesmo estando fora do período de campanha oficial de vacinação”.

Centro de Controle de Zoonoses

O CCZ fica na Rua Mandis, bairro Jardim Jupiá e abre para atendimento público de segunda a sexta, das 9h às 15h e aos sábados, das 8h30 às 10h30 e das 12h às 14h30. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (19) 3427-2721 e 3427-2400.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também