Connect with us

Capivari

Dono de empresa de Capivari suspeito de lavagem de dinheiro para facção criminosa é preso em Piracicaba

Tonny Machado

Published

on

Foto|Divulgação

A Polícia Civil de Capivari com apoio da Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes (Dise) de Piracicaba, prendeu um empresário de 38 anos, dono de uma indústria química de Capivari, nesta sexta-feira (15). A prisão ocorreu na cidade de Piracicaba.

Segundo a Polícia Civil, o homem é, suspeito de utilizar a empresa para lavagem de dinheiro para uma facção criminosa que atua dentro e fora de presídios.

O homem, era o último alvo foragido da Operação Alquimia, deflagrada em Sorocaba em maio.

De acordo com a polícia, o mandado de prisão preventiva contra ele, por extorsão, associação criminosa e sonegação fiscal, foi expedido pela 2ª Vara Criminal de Sorocaba.

Conforme a Polícia Civil de Capivari, os investigadores chegaram à informação de que o empresário tinha se escondido em Piracicaba após a Operação Alquimia ser deflagrada.

Os policiais prenderam o empresário em um apartamento no Centro de Piracicaba. No local, também foram apreendidos um notebook, pendrives, dinheiro, cheques, promissórias, títulos de créditos, um HD externo e uma mala de documentos de interesse policial.

Foi também cumprido um mandado de busca na empresa em Capivari, onde foram apreendidos documentos e computadores. O mandado também foi expedido pela Justiça de Sorocaba.

Foram apreendidos mais de R$ 2 milhões entre dinheiro, cheques, promissórias e títulos de créditos. Segundo a Polícia Civil, o grupo criminoso levou um duro golpe.

Tonny Machado é correspondente do Jornal PIRANOT e do PORJUCA (Portal Júnior Cardoso), na região de Capivari (SP), desde 2015, sendo que é jornalista desde 2011. Atualmente também é repórter de uma rádio local.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.