Conecte-se conosco

Cultura

Orquestra Sinfônica de Piracicaba recebe pianista de destaque internacional

Fernanda Maestro

Published

em

Radicado na Europa há mais de 30 anos e aclamado pela crítica internacional como um dos mais talentosos intérpretes de piano na atualidade, Fabio Luz é o solista da OSP (Orquestra Sinfônica de Piracicaba) no 9º concerto da Temporada 2018.

Foto: Divulgação

As apresentações gratuitas acontecem no sábado, 27, às 17h30 e 20h, no Teatro Municipal Erotídes de Campos, o Teatro do Engenho. O programa tem como regente convidado Gabriel Rhein-Schirato, reconhecido como um dos principais nomes da nova geração de maestros brasileiros.

A apresentação começa pela abertura da ópera “Os Mestres Cantores de Nuremberg”, composta em 1868 por Richard Wagner. Na sequência, Fábio Luz e a OSP apresentam “Concerto para piano e orquestra nº 20”, peça de 1785, de autoria de Mozart. Para o encerramento, o público assiste à fantasia para orquestra “Uma noite no Monte Calvo”, escrita por Modest Mussorgsky em 1867 e rearranjada por Leopold Stokowski para o clássico desenho de animação Fantasia, da Disney.

Mestre em Música Francesa pela Universidade Musical Internacional de Paris, Fábio Luz reside na Itália, onde coordena o Departamento de Piano da Escola Superior Città della Musica e del Teatro. Ele preside a Fundação Franz Liszt, com sede na França. Atuou como diretor artístico do Instituto Municipal de Música Giuseppe Verdi. Mantém intensa agenda de recitais e concertos no país em que está radicado e também nos Estados Unidos, Brasil, Alemanha e Grécia.

A apresentação em Piracicaba é a última de Fábio Luz em solo brasileiro em 2018. Desde o início de outubro, ele fez recitais em sua cidade natal, Sorocaba, e em São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro. Depois disso, segue para Milão e Lisboa. “Seu cuidado na execução de uma obra transcende em muito o de uma simples e correta execução, para se transformar em uma instigante interpretação”, diz o maestro Jamil Maluf, diretor artístico e regente titular da OSP, que também é regente da Orquestra Experimental de Repertório, no Theatro Municipal de São Paulo.

Para a regência do concerto, a OSP recebe o maestro Gabriel Rhein-Schirato, coordenador do Opera Studio, do Theatro Municipal de São Paulo, na Escola Municipal de Música da capital paulista. Paulistano formado na USP (Universidade de São Paulo), ele fez especialização e pós-graduação em Stuttgart e Bremen, na Alemanha. Entre 2011 e 2014, Gabriel foi maestro-assistente da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais. No ano passado, atuou como regente convidado da OSP, em outubro de 2017, no concerto com a soprano Eliane Coelho.

Foto: Rodrigo Alves

 

Jornalista formada pela Universidade Metodista de Piracicaba. Trabalhou em campanhas políticas e estagiou na Câmara de Vereadores de Piracicaba. Atualmente, integra a equipe dos jornais PIRANOT e PORJUCA.

Advertisement
Clique para comentar

Qual sua opinião?

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MAIS LIDAS

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.