Inadimplência do consumidor recua 2,6% no ano, em Piracicaba (SP)

Inadimplência do consumidor recua 2,6% no ano, em Piracicaba (SP)

A inadimplência do consumidor no município de Piracicaba apontou uma queda de 2,6% em agosto deste ano, se comparado ao mesmo período do ano passado. Em relação à análise mensal, de julho a agosto, ficou constatado leve aumento de 0,5% no indicador. Os dados foram obtidos a partir de levantamento realizado pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), em parceria com a Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba).

“Nos últimos meses, estamos percebendo oscilações, tanto no registro de inadimplentes quanto na recuperação de crédito em Piracicaba. Porém, de uma forma geral, a cidade está conseguindo manter um equilíbrio, uma média”, comentou Luiz Carlos Furtuoso, presidente da Acipi.

A tendência, inclusive, não se resume apenas à cidade de Piracicaba. A capital paulista também registrou queda de 0,3% na inadimplência, se comparado com 2017. Na região sudeste do país, houve diminuição de 3,5% — já o índice nacional apontou queda de 4% na inadimplência no mesmo período.

Recuperação de crédito

Quando o assunto é recuperação de crédito do consumidor, houve estabilidade na comparação mensal de agosto com o mês anterior (0%). No resultado acumulado, a recuperação teve aumento de 1,2%, enquanto que na variação interanual (mesmo mês do ano anterior) ficou constatado crescimento de 1,4%.

Indicadores

Os indicadores de inadimplência são elaborados a partir da quantidade de novos registros de dívidas vencidas e não pagas, enquanto que o indicador de recuperação de crédito é desenvolvido a partir das exclusões de registros informadas à Boa Vista SCPC pelas empresas credoras.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também