Conecte-se conosco

Notícias

Mulher de 34 anos é atropelada na Rodovia do Açúcar, em Piracicaba (SP)

Rafael Fioravanti

Published

em

Uma mulher de 34 anos foi atropelada no início da tarde desta quarta-feira (10), na altura do bairro Parque Chapadão, em Piracicaba (SP). O atropelamento foi por volta das 12h50, na Rodovia do Açúcar (SP-308), próximo ao Dinhos Motel.

De acordo com informações apuradas pelo Jornal PIRANOT, uma condutora de 38 anos trafegava com um Corsa Sedan pela faixa da esquerda da Rodovia do Açúcar, sentido Hospital Regional, momento em que atropelou uma mulher que andava no meio da via. A condutora comentou que, de longe, a mulher parecia uma motocicleta; assim que se aproximou, viu que já era tarde. A condutora reduziu a velocidade, porém a colisão acabou sendo inevitável.

A Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros informou que a vítima sofreu um ferimento corto-contuso (FCC) no braço esquerdo, além de escoriações por todo o corpo.

Ela foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Piracicamirim.

Fotos

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

Vídeo

Rafael é formado em jornalismo pela Universidade Mackenzie, em São Paulo. Possui experiência em redações e editoras literárias. Integra a equipe do jornal PIRANOT desde dezembro de 2017.

Advertisement
3 Comentários

3 Comments

  1. Anônimo

    10 de outubro de 2018 a 15:10

    Infelizmente isso ocorre pq as pessoas não usam a passarela. Muito triste.

  2. Maria

    11 de outubro de 2018 a 10:47

    Melhor ser atropelado do que andar alguns metros e passar pela passarela.Não sei o que este povo pensa. É o tempo todo assim nesta região.

  3. César

    14 de outubro de 2018 a 13:10

    Infelizmente o fato já aconteceu! Aí eu questiono! O povo muitas vezes fecha uma rodovia revindicando pela construção de uma passarela, queima pneus na pista interrompe o trânsito beleza põe a boca no trombone. Aí você vê uma notícia desta!!!! Acompanhando o vídeo da pra ver que a alguns metros a frente a passarela está lá. Aí eu pergunto!!! A condutora do veículo é que tem toda a culpa? Até acho difícil confundir um pedestre com uma moto mas pelo amor de Deus

Qual sua opinião?

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MAIS LIDAS

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.