Conecte-se conosco

Notícias

Vacinação contra raiva já imunizou 35% da meta em Piracicaba

Fernanda Maestro

Published

em

A Campanha Municipal de Vacinação Antirrábica na zona urbana, organizada pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria da Saúde, já imunizou, na quarta semana de atividades, 10.573 animais, sendo 8.982 cães e 1.591 gatos.

Os números correspondem mais de 35% da meta estabelecida para este ano, que é proteger da doença 29 mil animais. No último sábado (06) a ação foi realizada em vários pontos da cidade. Neste sábado (13) a campanha prossegue em diversos locais do município.

Campanha de Vacinação Antirrábica

Foto: Divulgação.

A campanha, que começou no dia 15 de setembro, vai até o dia 10 de novembro. Estão trabalhando neste período 09 equipes compostas por vacinadores devidamente capacitados. Todo material utilizado é descartável e as vacinas são individuais. Os cães devem ser conduzidos aos postos por adultos e presos com guias adequadas. Para os animais mais agressivos, é obrigatório o uso da focinheira. Os gatos devem ser levados em caixas de transporte ou em sacos, iguais aos usados para embalar cebolas. São procedimentos básicos para evitar possíveis fugas e acidentes.

Todos os cães e gatos a partir dos 3 meses de idade podem receber a vacina. Animais doentes, em tratamento ou debilitados deverão aguardar a recuperação e a alta do seu médico veterinário. As gestantes e com crias devem esperar o desmame dos filhotes para receberem a vacina. Nesses casos, podem ser encaminhadas posteriormente ao Centro de Controle de Zoonoses, de segunda a sábado, das 8h às 16h. O local funciona como ponto fixo de vacinação durante o ano todo.

De acordo com o médico veterinário, Paulo Lara, coordenador da campanha, “a vacinação é muito importante para prevenir a raiva, uma doença que mata e é transmitida a todos os mamíferos, principalmente morcegos, animais que contribuem para circulação e manutenção do vírus na zona urbana da cidade”.

A orientação da Secretaria de Saúde é que a população se sensibilize sobre a importância desta campanha e de fato leve seus animais para imunização contra a raiva. “Estamos fazendo tudo que está ao alcance do poder público para garantir uma cobertura efetiva no município contra a doença. Mas o desempenho da campanha requer o envolvimento das famílias. A possibilidade de contaminação dos animais domésticos a partir dos morcegos é um risco real e a doença pode, em cadeia, ser transmitida aos seus donos, o que torna o cenário muito mais grave à saúde pública”, explicou Pedro Mello, secretário da saúde.

Confira na tabela abaixo os pontos de vacinação deste sábado (13)

Jornalista formada pela Universidade Metodista de Piracicaba. Trabalhou em campanhas políticas e estagiou na Câmara de Vereadores de Piracicaba. Atualmente, integra a equipe dos jornais PIRANOT e PORJUCA.

Advertisement
Clique para comentar

Qual sua opinião?

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MAIS LIDAS

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.