Conecte-se conosco

Entretenimento

Primeiro parklet licenciado é inaugurado em Piracicaba (SP)

Rafael Fioravanti

Published

em

Nesta semana, a Prefeitura de Piracicaba autorizou a instalação do primeiro parklet do município. A iniciativa vem como uma forma de oferecer aos Piracicabanos uma nova opção de lazer, além de aquecer o comércio local.

Piracicaba

Foto: Felipe Ferreira

O parklet nada mais é do que uma extensão da calçada, montada sobre uma (ou mais) vaga de veículos e instalado defronte ao estabelecimento permissionário. No caso, este primeiro parklet da cidade foi montado em frente a um bar da Rua Dona Eugênia, no bairro São Dimas.

Para Alessandro Samieli, proprietário do bar permissionário do primeiro parklet do município, todo processo de licença para a instalação transcorreu de forma bastante serena na prefeitura. “Foi muito tranquilo, pois apresentamos um projeto bem elaborado e de acordo com o que determina o decreto”, afirma Alessandro. O comerciante diz ainda que, após a instalação do parklet, o fluxo de clientes em seu bar aumentou cerca de 30%. “A curiosidade das pessoas deve atrair gente ao meu estabelecimento, mas desejo que a ideia se espalhe pela cidade e que, futuramente, muitos outros empresários invistam nessa iniciativa. É uma tendência mundial e eu tenho a satisfação de ser o pioneiro em Piracicaba”.

Parklet

O prefeito Barjas Negri publicou, em dezembro do ano passado, o Decreto nº 17.317, responsável por regularizar a instalação dos parklets por toda a cidade de Piracicaba. O objetivo dos parklets é incentivar que os cidadãos Piracicabanos aproveitem melhor o espaço público, integrando-os de uma só forma no comércio.

“Estas novas estruturas devem e melhorar o convívio social e seguem todas as diretrizes de segurança. Piracicaba é uma cidade com diversas áreas públicas, e essa novidade vai permitir ampliar os espaços de lazer”, comentou o prefeito na ocasião.

No que concerne à instalação de um parklet

Aqui em Piracicaba, todo o processo de instalação é acompanhado pela Secretaria Municipal de Obras (Semob) e deve atender os requisitos técnicos presentes no decreto.

Todo o processo de instalação passa pela Comissão Municipal dos Parklets de Piracicaba (Comupap), composta por servidores das secretarias de Meio Ambiente, Trânsito e Transportes, Obras e Ipplap (Instituto de Planejamento e Pesquisa de Piracicaba).

A legislação municipal responsável pela regência dos parklets é muito acessível e preza bastante pelo conforto. Os parklets podem ser equipados com bancos, floreiras, mesas e cadeiras, guarda-sóis, aparelhos de exercícios físicos, bicicletários, além de muitos outros itens para recreação.

Foto: Felipe Ferreira

Foto: Felipe Ferreira

Rafael é formado em jornalismo pela Universidade Mackenzie, em São Paulo. Possui experiência em redações e editoras literárias. Integra a equipe do jornal PIRANOT desde dezembro de 2017.

Advertisement
4 Comentários

4 Comments

  1. Anônimo

    14 de setembro de 2018 a 17:54

    Tantas coisas pra ser feita na cidade é o prefeito ta fazendo isso 😏

  2. Dj

    14 de setembro de 2018 a 18:20

    Isso vai dar bad

  3. Rafael Fernandes

    14 de setembro de 2018 a 22:42

    Parabéns Rafa pela reportagem!

  4. Alexandre

    16 de setembro de 2018 a 23:46

    Argumentar q um parklet (no caso privado, já que está em frente a um comércio) vai incenticar o comércio local é piada. Outro ponto, uma rua movimentada com grande fluxo de veiculos, pessoas estarão expostas ao perigo. Terceiro, estabelecimentos poderão montar mesas na calçada retrocedendo as leis municipais?
    Se agora ta liberado parklet na rua, vejo q mesas em calçada não seria problema.
    Coisas de capital não cola no interior. Lembrando que a cidade está cheia de problemas e o digníssimo prefeito dando prioridade pra “ingles ver”.

Qual sua opinião?

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MAIS LIDAS

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.